Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 19 de julho de 2017

    Polícia suspeita que esposa de vereador morta foi vítima de crime sexual

    Local onde os corpos foram encontrados (Foto: Rafael Ribeiro)
    A Polícia Civil suspeita que Fátima Silveira, mulher do ex-vereador Cristóvão Silveira, encontrados mortos a golpes de faca após roubo de uma caminhonete, na noite de ontem (18), foi vítima de crime sexual. Ela foi encontrada parcialmente nua e com corpo queimado. O duplo assassinato ocorreu na casa do casal, na chácara Bem-te-vi, no km 24 da MS-080, saída para Rochedo, em Campo Grande. 

    Os três envolvidos no roubo - o caseiro, o filho dele e um sobrinho - que terminou com a morte do casal foram presos pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e por policiais do Batalhão de Choque. A caminhonete L200 Triton, que foi roubada, seria levada para Bolívia. A informação é de que o veículo foi encontrado abandonado em Corumbá.

    Crime 

    Por volta das 13h30, o caseiro acionou a Polícia Militar dizendo que um grupo havia invadido a chácara e feito o patrão dele refém. Ele tinha escapado para buscar ajuda. Com o pé machucado, o caseiro foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) à Santa Casa. A equipe policial, então, foi até a propriedade e encontrou os dois corpos no galpão da propriedade. 

    Desconfiados da versão do caseiro, os policiais do Batalhão de Choque e civis foram até a unidade de saúde e apreenderam o celular dele. No aparelho, foram encontrados vários áudios em que o caseiro, o filho dele e o sobrinho planejavam o roubo do veículo. Imediatamente, o caseiro foi preso e entregou os outros dois suspeitos que haviam seguido com a caminhonete para Anastácio, distante 135 quilômetros da Capital.
    Caminhonete das vítimas foi recuperada em barranco após troca de tiros e capotagem (Foto: Carla Salentim/ TV Morena)
    Na sequência, o filho do caseiro foi preso no município. A caminhonete já havia sido levada pelo terceiro suspeito para a Bolívia. O veículo foi encontrado, nesta madrugada, abandonado em Corumbá. 
    Momento em que policiais, que prenderam dois suspeitos no interior, chegaram com os presos na sede do Garras, por volta das 10h30 de hoje (Foto: Marcos Ermínio)

    Fonte: campograndenews
    Por: Viviane Oliveira, Rafael Ribeiro e Guilherme Henri
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS