Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 11 de julho de 2017

    Maia pede pressa em votação de denúncia contra Temer

    Presidente da Câmara fez um apelo aos deputados para que não atrasem o processo na CCJ

    © Ueslei Marcelino / Reuters
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um apelo a deputados para que votem até o fim de julho a denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer.

    "O Brasil não pode esperar 15 dias. Precisamos dar uma resposta ao pedido da PGR para que possamos voltar à nossa agenda de reformas", disse Maia, nesta terça-feira (11).

    Na última segunda-feira (10), o relator da denúncia na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, o deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), deu parecer favorável à denúncia contra o presidente. O parecer, agora, precisa ser aceito ou rejeitado por maioria dos presentes à sessão. A CCJ tem 66 integrantes.

    O parecer deve começar a ser discutido nesta quarta (12) para, então, ser votado. Depois disso, segue para o plenário.

    Maia fez um apelo aos deputados para que não atrasem o processo na CCJ em nome das reformas em pauta.

    "O Senado está votando agora a reforma trabalhista. Vamos precisar votar a reforma da previdência, pensar na tributária, são muitos temas, a pobreza, segurança pública... Precisamos voltar a ter a agenda que o Brasil espera. Meu papel é garantir a estabilidade política neste país e tocar as reformas que vão melhorar a vida do trabalhador, mas, para isso, precisamos encerrar esse capítulo da denúncia", disse o deputado. Com informações da Folhapress.

    Fonte: NAOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS