Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 24 de julho de 2017

    CASO KAUAN| Bombeiros ampliam área e retomam buscas por corpo de criança em rio

    Equipes irão percorrer rio Anhanduí a partir da ponte do Jardim Pênfigo

    Buscas serão feitas a partir da ponte do Pênfigo © Bruno Henrique
    Buscas pelo corpo de Kauan Andrade Soares dos Santos, de 9 anos, serão retomadas às 13h30 de hoje em outro trecho do rio Anhanduí, em Campo Grande. Equipes descerão o rio a partir da ponte do Jardim Pênfigo. Polícia Civil investiga caso de estupro e assassinato envolvendo o menino, desaparecido há quase um mês.

    Ontem, equipes fizeram buscas voluntárias nas margens do rio, a procura do corpo. Cinco militares se dividiram em dois grupos e fizeram buscas nos arredores do córrego, porém nada foi encontrado.

    No sábado, houve varredura desde o cruzamento das avenidas Campestre com Thirson de Almeida, até uma segunda passagem do Pênfigo.

    Hoje, equipe do Corpo de Bombeiros foi até a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e conversou com o delegado responsável pelo inquérito, Paulo sérgio Lauretto, onde foram passadas orientações sobre os trabalhos a serem realizados.

    Conforme o tenente Vinícius Barbosa, do 1º Grupamento de Bombeiros Militar, foi definido que a área de buscas será ampliada.

    Equipe irá descer o rio, desde a ponte do Jardim Pênfigo, com uso de uma embarcação, já que o trecho é mais fundo, e por conta da correnteza e existência de uma cachoeira, não está o emprego da equipe de mergulho.

    A polícia trabalhava com a suspeita de que a criança teria sido morta por asfixia ao reagir a estupro ocorrido em residência na Coophavila e o corpo foi jogado no Rio Anhanduí. Kauan está desaparecido deste o dia 25 de junho. Um homem de 38 anos e um adolescente de 14 anos estão detidos.

    Fonte: CE
    Por: GLAUCEA VACCARI E RENAN NUCCI
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS