Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 15 de junho de 2017

    Trabalhador rural é preso por estuprar enteada com síndrome de Down

    O autor foi preso em flagrante por uma equipe da DAM (Delegacia de Atendimento Especializado)

    © Ilustração
    Um trabalhador rural de 43 anos, foi preso terça-feira (13) em uma fazenda da região Pantaneira em Coxim, cidade a 258 quilômetros de Campo Grande, suspeito de estuprar a enteada, de 37 anos, portadora de síndrome de Down.

    O autor foi preso em flagrante por uma equipe da DAM (Delegacia de Atendimento Especializado), foi ouvido pela delegada Sandra Regina Simão de Brito e levado ao Estabelecimento Penal Masculino.

    De acordo com o site Edição MS, os investigadores foram acionados por causa de uma denúncia de maus tratos, que estaria sendo cometidos pelo autor contra sua esposa, de 58 anos. Apesar do local de difícil acesso, os policiais chegaram à fazenda e efetuaram a prisão.

    No local, os policiais civis perceberam que o caso era mais grave. Além de agredir psicologicamente a mulher e a enteada, ele foi acusado de estuprar a enteada. Mãe e filha foram tiradas do Pantanal e levadas para Coxim.

    A suposta vítima relatou que o "tio" mexia com ela. A polícia explicou que, apesar da vítima ser maior de idade, ele vai responder pelo estupro de vulnerável pela condição da enteada, que é portadora da síndrome. Ele vai também vai responder pelas ameaças e injúrias.

    Fonte: Midiamax
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS