Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 9 de junho de 2017

    Sem salários, funcionários da Santa Casa cruzam os braços em protesto

    Parte dos funcionários do hospital cruzou os braços em protesto (Foto: Yarima Mecchi)
    Funcionários de três categorias da Santa Casa cruzaram os braços em protesto na manhã desta sexta-feira (9), por atraso no pagamento deste mês. Com cartazes em mãos, técnicos em radiologia, enfermeiros e funcionários do administrativo se concentram no saguão do hospital.

    A assessoria de imprensa da unidade de saúde alega que o pagamento aos funcionários não foi feito até agora, porque a Prefeitura ainda não fez o repasse.

    Conforme o diretor-presidente do Sinterms (Sindicato dos Técnicos de Radiologia de Mato Grosso do Sul), José Silva Carrijó, apenas 30% dos técnicos estão trabalhando. “A categoria vai ficar parada até receber. Estamos esperando o repasse da Prefeitura”, afirma. No total, são 52 técnicos que trabalham no hospital divididos em 4 turnos. O salário inicial dos profissionais é de R$ 1.573, mais 40% de insalubridade.

    Com o quadro defasado, apenas 30% do setor de enfermagem parou, segundo Lázaro Santana, presidente do Siems (Sindicato dos Trabalhadores em Enfermagem de Mato Grosso do Sul). “A Santa Casa tem 1.400, entre técnicos e enfermeiros, sendo que 300 estão afastados. 

    “O quadro não foi resposto. Está defasado. Problema que atinge a categoria”, lamenta. Ele lembra que em janeiro, o Prefeito Marquinhos Trad (PSD) se reuniu com o sindicato e disse que ia resolver o problema do hospital.

    Por causa da paralisação, alguns setores considerados menos urgentes, foram prejudicados, segundo a assessoria de imprensa da unidade.

    Exigência - Uma exigência da Prefeitura para renovar contrato com o hospital, o maior do Estado, foi o fim do “postão”. A unidade deixou de ser “portas abertas” à demanda espontânea desde o dia 29 do mês passado. Atualmente, a administração municipal repassa cerca de R$ 4 milhões por mês à Santa Casa.

    O Campo Grande News entrou em contato com a Prefeitura para saber quando o repasse será feito, mas até o fechamento deste texto não havia retornado.

    Fonte: campograndenews
    Por: Viviane Oliveira e Yarima Mecchi
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS