Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    24/06/2017

    Maioria acredita que saída de Temer é o melhor para o país

    A pesquisa registrou também um pico de impopularidade do presidente

    © Reuters / Nacho Doce
    A intensa crise que atinge o governo de Michel Temer (PMDB) tem levado a maioria dos brasileiros a crer que a melhor alternativa é a saída do peemedebista. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha indica que a maior parte da população brasileira é contra a permanência de Temer na Presidência da República. O estudo foi realizado entre quarta (21) e sexta-feira (23).

    De acordo com a Folha de S. Paulo, o levantamento registrou também um pico de impopularidade do presidente, que tem seu governo avaliado como ruim ou péssimo por 69% dos entrevistados.

    Os entrevistados foram questionados sobre o que seria mais benéfico para o país, considerando a crise política e a recuperação da economia: se Temer saísse do cargo ou completasse o mandato (que vai até o final de 2018). Só 30% se disseram a favor de ele ficar na Presidência; 65% acham que sua saída é o melhor para o Brasil.

    76% defendem uma possível renúncia do peemedebista. São contrários a essa iniciativa 20% dos entrevistados, e 4% não souberam responder.

    Em um cenário em que Temer não renuncie, 81% são a favor da abertura de um processo de impeachment contra ele. A fatia dos que rejeitam a possibilidade é de 15% (4% não souberam responder).

    Mas na possibilidade de Michel Temer realmente deixar o cargo, a maior parte dos brasileiros prefere que o novo presidente seja eleito pela população. A medida, que demanda mudanças na Constituição, é defendida por 83% dos entrevistados.

    Somente 12% indicam que o melhor seria que o Congresso fizesse a escolha, na convocação de uma eleição indireta. 5% não souberam responder.

    Fonte: NAOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS