Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    14/06/2017

    Indignado com fechamento do Centro Homeopático de Dourados, João Grandão apresenta moção de repúdio

    Em pequeno expediente da sessão plenária, deputado apresentou moção de repúdio endereçada ao secretário de saúde de Dourados © Divulgação/ALMS
    O deputado estadual João Grandão demonstrou grande insatisfação com a medida da Secretaria de Saúde de Dourados que culminou com o fechamento, sem aviso prévio, do Centro Homeopático municipal.

    Além de se manifestar em sessão plenária desta quarta-feira (14) em sessão plenária, o parlamentar aproveitou a ocasião para apresentar à Mesa Diretora da Casa uma moção de repúdio ao secretário municipal de saúde, Renato Oliveira Garcez Vidigal.

    “Trata-se de um centro homeopático com 25 anos de atuação, pioneiro no País, com um atendimento diário de cerca de 60 pessoas e aproximadamente 12 mil pacientes cadastrados e que fechou suas portas definitivamente e sem nenhum aviso prévio por parte da prefeitura, deixando toda a comunidade indignada”, disse o deputado, que já vinha alertando há alguns meses a respeito do abandono do Centro Homeopático de Dourados. “E hoje recebemos essa triste notícia. O que temíamos aconteceu”, lamentou.


    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS