Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 13 de junho de 2017

    Fiéis enfrentam filas em busca de aliança escondida em bolo de Santo Antônio

    Foram 1 mil alianças distribuídas em 8 mil pedaços de bolo

    Foram distribuídos 8 mil pedaços de bolo © Álvaro Rezende
    Tradicional bolo de Santo Antônio, conhecido como santo casamenteiro, reuniu centenas de fieis em busca de uma das 1 mil alianças distribuídas em 21 metros de bolo, na manhã de hoje, em Campo Grande.

    Distribuição do bolo começou às 7h e formou longa fila na Capital. São 8 mil pedaços de bolo e entre as alianças, um par de ouro.

    Pároco da Catedral de Santo Antônio, padre Odair da Costa, disse que pessoas que acham as alianças costumam voltar para mostrar que conseguiu. Alguns inclusive pedem que o padre realize o casamento de forma gratuita após conseguir a peça na já tradicional distribuição de bolo.

    “A ideia [de distribuir o bolo] surgiu porque muitas pessoas vinham pedir benção para o casamento. Então colocar a aliança dentro do bolo é um gesto do carinho de Deus e do bem de ajudar as pessoas”, disse o padre.

    Entre as pessoas que estavam na fila para comprar um pedaço do bolo, que custava R$ 5, estava o bacharel em direito José Cláudio Lopes Loureiro, 38 anos, que participa da festividade há 10 anos.

    Este ano, Loureiro adquiriu o pedaço com um objetivo diferente e encontrou uma das alianças. “Se eu achasse a aliança, ia dar para uma amiga que quer arrumar marido”, disse. Com a joia em mãos, ele garante que cumprirá a promessa.

    Diferente do bacharel, a auxiliar de serviços gerais Iracema Luiz Antônio, 55 anos, comprou o bolo pela primeira vez e deu sorte de encontrar uma aliança. Viúva, ela disse que ficou muito feliz. “Achei que era até brincadeira”, contou.

    Jane Graciele, 32 anos, é casada há dez anos com Robson de Moura Darneles, encontrou a aliança e encarou como uma benção para o casamento. Casados no civil, eles pensam em se casar um dia na igreja.

    Mas nem todos que compram o bolo sonham com o matrimônio. A auxiliar administrativa Adrielle Alves Fonseca, 28 anos, estava na fila e informou que desde pequena compra o bolo com o pensamento: “um dia eu vou pegar a aliança”. O dia chegou e ela, que namora há três anos, encontrou uma das peças, mas descartou o casamento.

    O BOLO

    Este ano, bolo teve 21 metros, uma tonelada e 1 mil alianças, sendo um par de ouro.

    Para montar o famoso bolo do santo casamenteiro foram necessárias 240 formas de pão de ló, 120 quilos de farinha de trigo, 120 quilos de açúcar, 3 mil ovos, 100 litros de calda de bolo, 300 quilos de recheio, 200 litros de chantilly e 30 quilos de geleia de brilho.


    Fonte: CE
    Por: GLAUCEA VACCARI E BÁRBARA CAVALCANTI
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS