Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/06/2017

    COSTA RICA| Após acidente que deixou motociclista ferido na MS-306, Câmara volta a discutir recuperação de rodovias

    Recuperação das rodovias MS-306 e MS-316 foi o principal assunto discutido durante a sessão legislativa © Sadib Oliveira
    A necessidade de recuperação das rodovias MS-306 e MS-316 foi um dos principais assuntos discutidos durante a 19ª sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Costa Rica-MS, realizada na manhã desta segunda-feira (19). O tema foi alvo de debates no Legislativo Municipal mais uma vez, depois que um motociclista sofreu vários ferimentos, após bater em um buraco na rodovia MS-306 e cair da moto, perto da ponte sobre o rio Sucuriú, na região da comunidade da Capela. Ao longo da sessão, os parlamentares costarriquenses também aprovaram um projeto de lei, além de apresentarem seis indicações e duas moções de pesar.

    Na indicação n° 104/2017, assinada por todos os vereadores, a Câmara pede que o governo do estado realize urgentemente uma operação tapa-buracos na MS-316 (entre o “Copo Sujo” e o “Gaúcho Pobre”) e na MS-306 (entre o trevo da “Cantina”, passando pela Lage, Capela e Baús, até a divisa com Alto Taquari-MT). Ao discutir a indicação, ao longo da sessão, o vereador Jovenaldo Francisco dos Santos, o Juvenal da Farmácia (PSB), lembrou que recentemente um motociclista se envolveu em um acidente na rodovia MS-306, por conta de um buraco na pista. “Além do prejuízo físico dos automóveis, nós podemos ter também a perca de vidas devido a esses buracos na rodovia”, enfatizou Juvenal. 

    O acidente, do qual se referiu o vereador Juvenal da Farmácia, aconteceu no final da tarde e começo da noite de sexta-feira (16), por volta das 17h30. Um motociclista que viajava da cidade de Cáceres-MT com destino a Três Lagoas-MS perdeu o controle da moto, após bater em um buraco na rodovia MS-306, na região da Capela, a menos de dez metros antes da ponte sobre o Rio Sucuriú. Segundo informações levantadas pela nossa equipe de comunicação, o motociclista nunca havia passado pela rodovia e, portanto, não conhecia o trecho. Ele foi arremessado para fora da moto e sofreu fraturas em algumas costelas, teve o pulmão perfurado e ainda quebrou a clavícula e a escápula (osso do ombro). O motociclista, que pilotava uma moto BMW de 1.200 cilindradas, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros do município e levado para a Fundação Hospitalar de Costa Rica.

    “Não sei por quantas vezes nós fomos em busca de melhorias aqui para as nossas rodovias e a gente cobra, mas infelizmente as coisas continuam do mesmo jeito. É de se ressaltar que o acidente aconteceu na boca da ponte, é uma descida muito perigosa e podem acontecer tragédias se algo não for feito. A gente usa dizer que depois do leite derramado não adianta mais chorar”, comentou o vereador Averaldo Barbosa da Costa (PMDB), ao cobrar o tapa-buracos na rodovia MS-306.

    A indicação foi encaminhada para o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, e para o Secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli.

    PROJETO DE LEI APROVADO

    Durante a sessão realizada na manhã desta segunda-feira, os vereadores de Costa Rica aprovaram o Projeto de Lei n° 1.176/2017, de autoria do prefeito Waldeli dos Santos Rosa. A proposta ratificada pelos parlamentares promove alteração no prazo para matrícula de crianças nos Centros de Educação Infantil (CEINF’s) do município.

    Entre as principais mudanças contidas no texto do projeto, a proposta prevê que após a abertura de vagas em um dos CEINF’s da cidade, os pais ou responsáveis terão quatro dias úteis para efetivar a matrícula da criança interessada. Antes da aprovação do projeto de lei, esse prazo era de dez dias. Se não for realizada a matrícula da criança dentro dos quatro dias úteis, será preciso realizar um novo cadastro e aguardar novamente a abertura de vagas.

    Segundo a mensagem do prefeito que segue anexa ao projeto, a alteração serve apenas para adequar a lei “de forma que sua aplicabilidade seja mais eficaz e condizente com a realidade”.

    MOÇÕES DE PESAR

    Ao longo da sessão legislativa, o vereador Juvenal da Farmácia apresentou uma moção de pesar pela morte da senhora Osvalina Garcia de Queiroz (falecida no dia 26 de maio de 2017), e o vereador Waldomiro Bocalan, o Biri (PDT), apresentou uma moção de pesar pela morte do senhor Benedito Nogueira Narciso (que morreu no dia 1º de junho de 2017).

    Para ler as demais indicações e moções apresentadas pela Câmara de Vereadores de Costa Rica, basta clicar aqui.


    Fonte: ASSECOM
    Por: Ademilson Lopes
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS