Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    15/06/2017

    Beef Norte MS terá assistência especializada em projetos de cooperativismo

    © Divulgação
    Produtores rurais da Região Norte do Mato Grosso do Sul irão constituir uma cooperativa de carne bovina por meio do projeto Beef Norte MS. Para acelerar a viabilidade do projeto nesta quarta-feira (15) o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, concretizou uma parceria com o Instituto Seiva Brasil, uma Oscip, especializada na criação e desenvolvimento de projetos voltados ao cooperativismo, com foco no desenvolvimento humano e na sustentabilidade, a empresa dará assistência para constituição e elaboração do projeto de viabilidade econômica da cooperativa.

    “É de extrema importância que tenhamos um estudo técnico muito bem detalhado. O projeto Beef Norte MS foi lançado para que pudéssemos verificar a sua aceitabilidade, e isso ocorreu de forma impressionante. Agora partimos para uma fase de criar o corpo para desse projeto, e o passo inicial é colocarmos no papel, com detalhes que abrangem todos os elos ds produção da carne”, afirma o prefeito.

    “Iremos fomentar o negócio como uma cooperativa de carne. E o Instituto Seiva do Brasil tem todo Know How que necessitamos para fazer com competência e organização, que poderá nos direcionar na formação de uma cooperativa que seja economicamente viável, sem deixar de cumprir com as responsabilidades ambientais e sociais”, destaca Rosalin.

    Durante a reunião com a gestora de projetos do Instituto Seiva Brasil, Gracita Santos Barbosa, ficou acordada a parceria que também contribuirá na busca por investidores. “A partir desta parceria conseguiremos um estudo técnico, a quantificação dos produtores, para sabermos de fato qual o tipo e porte de indústria que a gente necessita. Em seguida serão avaliados dados mercadológicos, que vão levar em conta para quem será destinada a produção e em que volume”, enfatiza o prefeito.

    A partir do projeto desenvolvido pelo Instituto Seiva Brasil serão facilitados os acessos às entidades de apoio como Governo do Estado, Governo Federal, e outras de cunho público e privado, que poderão oferecer capacitações específicas para a demanda da cooperativa.

    © Divulgação
    Além da reunião com a representante da Oscip, Rosalin também buscou apoio com o representante da Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em MS, Marcio Alexandre Diorio Menegazzo.


    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS