Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 16 de maio de 2017

    Reinaldo e Marquinhos firmam parceria na habitação, mas não divulgam números

    Trad disse que 45 mil famílias estão na fila por uma casa na Capital

    © Divulgação
    Um encontro entre o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) e o deputado federal Carlos Marun (PMDB), na governadoria na tarde de ontem, segunda-feira (15), serviu para que Estado e município estabelecessem uma parceria para construção de casas populares.

    A intenção dos políticos é ampliar o número de contratações junto ao Governo Federal, por meio do Programa Minha Casa, Minha vida. Prefeito e governador não falaram em quantas unidades habitacionais pretendem construir na Capital.

    “A vinda do prefeito Marcos Trad hoje aqui foi para unirmos esforços no sentido de viabilizarmos o maior número de unidades possível, considerando que a última contratação em Campo Grande ocorreu em 2012. O grande sucesso desse programa, com a qualidade que ele tem, é a parceira entre os governos Federal, Estadual e Municipal”, disse Azambuja.

    Segundo Marquinhos, os programas habitacionais para atender famílias à espera de uma casa na Capital estão parados há cerca de cinco anos. “Por essa razão, essa parceria entre município, estado e o governo federal é de extrema importância a fim de combater o déficit habitacional atual de 45 mil famílias que hoje aguardam a oportunidade de ter sua casa própria”, frisou Trad.

    A diretor da Agehab (Agência Estadual de Habitação), Maria do Carmo Avesani, revelou que o governo tucano entregou pouco menos de 10 mil casas em todo o Estado desde janeiro de 2015, foram 9774 moradias, sendo 1922 na Capital.

    Também participaram da reunião Marun, o secretário municipal de governo, Antônio Lacerda, o diretor presidente da Emha (Agência Municipal de Habitação), Eneas Neto.

    Fonte: Midiamax
    Por: Ludyney Moura
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS