Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 17 de maio de 2017

    Assomasul prepara seminário em parceria com governos federal e estadual

    © Divulgação
    Em audiência na tarde desta terça-feira (16) com o secretário Nacional de Assuntos Federativos, Paulo Câmara, o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina, acertou a realização de um seminário, em Campo Grande, em conjunto com os governos federal e estadual a fim de se debater questões relacionadas aos municípios.

    A ideia, segundo Caravina, é trazer a Campo Grande representantes de vários ministérios e órgãos públicos para ministrar palestras e discutir com os prefeitos e secretários municipais vários temas de interesse das prefeituras.

    Segundo o dirigente, além das palestras, serão montados na sede da Assomasul estandes de cada pasta para atendimento individual a cada prefeito e secretário.

    Ele disse que o seminário, a ser realizado em data ainda a ser definida, terá a participação direta na Presidência da República com objetivo de solucionar algumas pendências existentes.

    Para o presidente da Assomasul, esse tipo de evento é muito importante para que os prefeitos possam encaminhar as demandas de seus municípios e resolver eventuais pendências burocráticas e de convênios com os órgãos governamentais.

    Caravina disse que o secretário Nacional de Assuntos Federativos, Paulo Câmara, se colocou à disposição para auxiliar os municípios em eventuais demandas junto aos ministérios.

    “Essa parceria com os governos federal e estadual será muito importante, pois a intenção é destravar eventuais problemas pontuais e encaminhar demandas dos municípios para os órgãos governamentais”, explicou Caravina, que participa esta semana da XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios juntamente com outros 52 prefeitos de Mato Grosso do Sul.

    SAF

    A SAF é ligada ao ministério da Secretaria de Governo da Presidência da República, e é responsável por estreitar relações entre o governo federal e os estados e municípios.

    Cabe ainda ao setor acompanhar o desenvolvimento de ações federais nos estados de maneira articulada com os demais órgãos da União.

    Além disso, a pasta acompanha a situação social, política e econômica desses entes, subsidiando e estimulando sua integração junto aos programas do governo federal.


    Fonte: ASSECOM
    Por: Willams Araújo
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS