Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 18 de maio de 2017

    Aécio diz estar 'tranquilo' e que pediu dinheiro para 'uso pessoal'

    Senador tucano foi gravado pedindo R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, da JBS

    © Ueslei Marcelino/Reuters
    O senador Aécio Neves (PSDB-MG) deve dizer que os R$ 2 milhões que pediu e recebeu do empresário Joesley Batista, da JBS, foi para fins pessoais e não teve fim de "obstrução da Justiça". O dinheiro foi usado, na linha de defesa que o mineiro deve seguir, para pagar dívidas particulares, como um empréstimo.
    O pedido e a entrega do montante a um primo do senador foram gravados, conforme garantiu o dono da JBS em delação premiada, nesta quarta-feira (17). Em nota, o tucano defendeu que o dinheiro teve uso "estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público".

    O vídeo tem 30 minutos e está, conforme a colunista Monica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, nas mãos da Procuradoria Geral da República. As imagens ainda aguardam a homologação do ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin para integrarem a delação premiada. Ainda na nota divulgada na noite desta quarta, o senador informou que apenas espera o acesso às informações da delação para "prestar todos os esclarecimentos necessários".

    Fonte: NAOM

    Link original: https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/388402/aecio-diz-estar-tranquilo-e-que-pediu-dinheiro-para-uso-pessoal
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS