Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    15/04/2017

    Fran Petersen, a "Mulher Tangerina", não comerá chocolate na Páscoa para voltar com seus "gominhos"

    © Patrick Brito / MF Press Global
    A musa fitness Fran Petersen, que sofria bullying e era chamada de "zumbi" na infância, está sendo considerada a "Mulher Tangerina" graças aos gominhos na sua barriga trincada. Ela, inclusive, não comerá chocolate na Páscoa pois está se preparando para o Arnold Classic South America, maior evento multiesportivo do mundo, que será realizado no Transamerica Expo Center, em São Paulo, entre os dias 21 e 23 de abril.

    "Essa Páscoa vai ser de muito treino e dieta (risos). Estou focada na minha ida ao Arnold e quero estar bem sequinha pois estarei representando uma marca de suplementos no stand da Atlhetica Nutrition. Por isso nada de chocolates! Como irei passar longe da minha família acredito que será mais fácil. Sou muito fã de chocolate, mas evito comer e quando como opto pelas barrinhas de proteína low carb que tem gosto de chocolate e engana bem. Tudo isso pra manter o corpo em forma", conta a gaúcha de 24 anos.

    © Patrick Brito / MF Press Global
    Hoje em dia tem muitas opções fit no mercado e dá para passar a Páscoa comendo chocolate sem chutar o balde completamente. Mas se ainda assim o pessoal exagerar nos doces recomendo que façam na semana seguinte uma dieta low carb e muito aeróbico para compensar a ingestão hipercalórica do fim de semana. Outra dica bacana é tomar um suco detox por cinco dias. Isso ajuda a dar aquela desinchada além de limpar o organismo do excesso de gordura que ele não estava acostumado a receber. Foco pois a Mulher Tangerina está voltando com seus gominhos!", exalta Fran Petersen.

    Dona de um corpo com 104cm de bumbum, 98cm de busto e 68cm de cintura distribuídos por 1,66m de altura e 68kg, ela foi pedida em casamento pela namorada Luana Caetano na dispersão do sambódromo da Marquês de Sapucaí.

    Apesar do sucesso como musa fitness e musa da Acadêmicos da Rocinha no Carnaval deste ano, a "Mulher Tangerina" lembra com tristeza do bullying que sofreu na infância e adolescência: "Me chamavam de homenzinho, zumbi e outras coisas mais. Ter sido convidada pela escola que representa a maior comunidade da América Latina é um sonho. Tenho que agradecer ao presidente Ronaldo Oliveira e à MF Assessoria por realizar este grande sonho. Sofri muito na infância, fui chamada de feia, excluída, me sentia a criança mais feia do mundo. Aos 15 anos de idade, minha mãe mudou minha vida, me passou uma dieta e segui à risca. Nunca mais parei essa dieta, me tornei uma musa fitness há muitos anos quando nem se falava nisso. Tudo porque eu queria ser qualquer coisa diferente do que eu era".
    © Patrick Brito / MF Press Global

    © Patrick Brito / MF Press Global

    © Patrick Brito / MF Press Global

    Fonte: MF Assessoria
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS