Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 19 de abril de 2017

    Deputado Dr. Paulo Siufi cobra explicação sobre fechamento de farmácias populares

    © Divulgação
    Presidente da Comissão Permanente de Saúde da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Dr. Paulo Siufi, assinou requerimento, na manhã desta quarta-feira (19/4), cobrando explicações do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, acerca do fechamento das farmácias populares no Brasil.

    O tema foi levado à tribuna pelo deputado João Grandão, que apresentou requerimento, também assinado por Dr. Paulo Siufi, solicitando esclarecimento.

    “A farmácia popular sempre deu certo, qual a justificativa para o fechamento? Esse ministro não deve entender de saúde. Que ele mande o esclarecimento necessário e que façamos uma audiência pública aqui nesta Casa. Não podemos deixar penalizar a população que já é tão sofrida com tantos desmandos e descasos”, pediu Dr. Paulo Siufi.

    Com a farmácia popular, a população conseguia adquirir o medicamento com 90% de desconto. Segundo Dr. Paulo Siufi, a farmácia popular sempre beneficiou e salvou muitas vidas, principalmente daqueles que mais necessitam.

    “Os aposentados que tomam 5, 6, 7 ou até mais remédios sofrerão com o fechamento da farmácia, eles e as demais pessoas terão mais dificuldades a partir de agora”, explicou o deputado Dr. Paulo Siufi.

    Em Mato Grosso do Sul existiam mais de 30 farmácias populares, sendo a metade em Campo Grande, quatro em Dourados e as demais em cidades como Aquidauana, Bonito, Aparecida do Taboado, Nova Andradina, Ivinhema, Paranaíba e Ponta Porã.

    “Assinei e vou aguardar o prazo de 30 dias para o ministro esclarecer, pois a saúde da população brasileira está sendo prejudica”, disse o deputado.


    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS