Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sábado, 15 de abril de 2017

    Avião que caiu tinha combustível e há suspeita de falha no motor

    © Divulgação
    Há suspeita de falha no motor da aeronave monomotor que caiu ontem (dia 14) em Cassilândia. Dois ocupantes morreram no acidente. As vítimas, identificadas como Otávio Borges e Luiz Henrique, eram de Itajá (Goiás).


    Segundo delegado, avião tinha 100 litros de combustível.
    “O que eu posso adiantar é que não foi falta de combustível, pois eles estavam com mais de 100 litros de gasolina no tanque do avião. Então, para dizer o que que aconteceu, se foi o motor que parou, é muito prematuro para falar”, afirma o delegado Rodrigo de Freitas, da Polícia Civil de Cassilândia.

    Segundo testemunhas, não se ouviu barulho de motor, mas só o barulho do impacto. De acordo com o Cassilândia News, o delegado ainda informou que houve um voo preliminar, com mais pessoas no avião.

    “A aeronave estava sendo pilotada pela pessoa que tinha a qualificação para isso, segundo apurado através de testemunhas. Apesar de jovem, o piloto era bastante experiente”, diz. O acidente foi perto do aeroporto de Cassilândia, que fica a 418 km de Campo Grande. Neste sábado, é esperada a chegada de equipe da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).


    Fonte: campograndenews
    Por: Aline dos Santos

    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS