Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

    Embriagado, instrutor de autoescola mata criança de 4 anos no trânsito

    Menino chegou a ser socorrido, mas morreu na viatura dos Bombeiros

    Ilustração

    Vinícius Rouldino Carvalho, de apenas 4 anos, morreu em colisão envolvendo instrutor de autoescola, de 39 anos, que estava embriagado. Acidente de trânsito aconteceu ontem à noite na Avenida Heráclito Diniz Figueiredo, Conjunto Residencial Otávio Pécora, em Campo Grande.
    Criança estava em carro conduzido pela mãe, de 33 anos - Facebook
    Consta em boletim de ocorrência registrado sobre o caso que instrutor de autoescola conduzia caminhonete L200 sentido norte/sul e a mãe da criança, de 33 anos, estava em veículo Prisma, que transitava em sentido contrário. Ambos os veículos seguiam pela avenida e, próximo à bifurcação com a Rua Araçari, colidiram de frente.

    Na versão do condutor da caminhonete, veículo Prisma invadiu a pista contrária. Os dois motoristas e a criança ficaram feridos. O menino, no entanto, foi socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no interior da viatura dos militares.

    A mulher foi socorrida e encaminhada para a Santa Casa. Já o instrutor foi retirado do local pela polícia para preservação de sua integridade física e levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac). Ele apresentava sinais de embriaguez, como olhos vermelhos e odor etílico. Resultado do bafômetro deu 0,19 miligrama de álcool por litro de sangue.

    De acordo com informações da polícia, o instrutor é autor de crime de direção perigosa praticada em 2 de novembro de 2016. Também é autor de furto cometido em 07 de junho de 2012 e desacato em 15 de novembro de 2013.


    Fonte: CE
    Por: VÂNYA SANTOS
    Link original: http://www.correiodoestado.com.br/cidades/campo-grande/embriagado-instrutor-de-autoescola-mata-crianca-de-4-anos-no-transito/295426/

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS