Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 4 de novembro de 2016

    Vereador mais votado nega irregularidades nas doações de campanha

    Doadores não teriam declarado renda

    Divulgação

    Após a Justiça Eleitoral ter encontrado indícios de irregularidades nas contas prestadas pelo vereador eleito com maior número de votos na Capital, o policial federal André Salineiro (PSDB), ele emitiu nota e disse que suas doações forma todas feiras dentro dos parâmetros legais.

    “Diante das matérias veiculadas nestes últimos dias em alguns meios de comunicação, relacionadas aos procedimentos adotados pela Justiça Eleitoral em relação a alguns doadores da minha Campanha a Vereador, esclareço que esta foi realizada integralmente dentro dos parâmetros legais, tendo todas as doações e despesas devidamente declaradas e registradas conforme determinação do TSE e TRE-MS”, disse em nota.

    O juiz eleitoral Wilson Leite Corrêa determinou a notificação de 13 pessoas que fizeram doações à campanha do tucano e todos têm 72h para apresentarem manifestação. De acordo com a decisão, três doadores não possuem renda declarada no período que antecedeu a doação, sendo assim eles têm que comprovar a origem dos valores, inclusive, com extratos bancários para tanto, sob as penas do art. 347 do Código Eleitoral. Outros dois nomes podem ter extrapolado o limite de doação legal.

    “Situação que podem inclusive, configurar abuso de poder econômico”, diz a decisão. Por isso, o magistrado pediu à Secretaria da Receita Federal o valor dos rendimentos dos doadores em questão no ano-calendário 2015. Eles também serão notificados.

    Outras nove pessoas, também suspeitas de terem doado de forma irregular, "terão que apresentar provas em 72h para comprovar a origem dos valores, inclusive, com extratos bancários para tanto, sob as penas do art. 347 do Código Eleitoral”.

    Ainda de acordo com Salineiro, o procedimento adotado não é exclusivo a ele e está a disposição para os esclarecimentos. “Também se verifica outros candidatos participantes do pleito que se encerrou. Enfatizo que sou a favor de qualquer fiscalização que venha coibir eventuais irregularidades praticadas e que prestaremos todos os esclarecimentos que forem solicitados pela Justiça Eleitoral nos respectivos prazos legais”.



    Fonte: Midiamax
    Por: Mariana Anjos
    Link original: http://www.midiamax.com.br/politica/vereador-mais-votado-nega-tenha-irregularidades-suas-doacoes-campanha-321081


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS