Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 8 de novembro de 2016

    Tecnologias e desafios agropecuários são destaques do Showtec 2017

    Divulgação

    A próxima edição do Showtec será realizada entre os dias 18 e 20 de janeiro de 2017 e traz, entre os destaques, novidades tecnológicas para o campo e discussões sobre os desafios agropecuários. O evento é realizado anualmente pela Fundação MS, em Maracaju, com o objetivo de difundir tecnologias e apoiar o expressivo crescimento da área cultivada em Mato Grosso do Sul. O lançamento da feira foi feito nesta terça-feira (8), na sede da Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS. 

    Em uma área de 12 mil metros quadrados, a próxima edição do Showtec contará com mais de 120 expositores, oferecendo o que há de mais recente no setor agropecuário. De acordo com o presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes, o evento é essencial para que os produtores rurais e demais profissionais ligados ao setor tenham acesso às últimas novidades do mercado agrícola e das tecnologias disponíveis. “As informações técnicas, palestras, exposições, bem como mostras de sistemas produtivos são apresentadas aos participantes para que eles possam aplicar tais conhecimentos em suas atividades”, destaca.

    Conforme o presidente, a contribuição do agronegócio para a economia brasileira é feita graças à evolução do setor, por meio das constantes pesquisas realizadas. “Nossa missão é transferir conhecimento, por meio de parceiras com diversas instituições de pesquisa, desenvolvendo novas alternativas para que o produtor leve ao campo a tecnologia que melhor se adapta com as condições de solo, clima e em respeito ao meio ambiente”, observa.

    O presidente do Sistema Famasul, Maurício Saito, elogia o trabalho que as instituições de pesquisas desenvolvem para a sociedade brasileira. Ele ressalta que a adoção de novas tecnologias pelo produtor rural resultou em expansão de áreas, o que possibilitou bons resultados. “O Brasil, há 50 anos, vivia uma insegurança alimentar, e graças ao trabalho da comunidade científica, o nosso país se tornou o segundo maior exportador de alimentos do mundo”, afirma. 

    O chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Oliveira Soares, comenta que um dos berços do sistema de lavoura e pecuária do Brasil fica no entorno de Maracaju, principalmente pelo trabalho realizado pela Fundação MS e Embrapa. “Nos últimos dois anos, foi realizado um mapeamento, onde detectaram mais de 1.900 propriedades rurais que usam tecnologias inovadoras. Mato Grosso do Sul é o líder do ranking em áreas cultivada no Brasil, em suas diferentes combinações. Temos uma área de 2 milhões de hectares. Isso mostra a relevância de ações e eventos como o Showtec”, enfatiza. 
    Divulgação

    Já o Governador do Estado, Reinaldo Azambuja, enfatiza que os bons números apresentados em relação ao uso das tecnologias no campo em Mato Grosso do Sul deve-se ao trabalho realizado em conjunto com diversas instituições. “Isso tem mostrado ao Brasil que, mesmo diante da crise, o setor agropecuário tem avançado. Vemos um futuro de oportunidades, onde a economia brasileira poderá ganhar muito por meio da ciência e tecnologia”, analisa. 

    O Showtec 2017 traz em sua programação debates importantes, entre eles, os impactos e manejo do javali em Mato Grosso do Sul. Também serão discutidos assuntos como manejo de pastagens para aumento da produção bovina, bem estar animal, construção do solo para máxima produtividade, estruturação física do solo, sanidade, qualidade do solo, melhoramento genético, integração e sucessão familiar, entre outros. 

    Mantendo a tradição, o evento irá abordar, ainda, temas importantes sobre os principais desafios para a cultura de soja e milho safrinha, cana-de-açúcar, pequenos negócios rurais, conservação e manejo de solos, entre outros temas voltados para a agricultura. A pecuária também terá destaque, com exposições e palestras sobre o segmento. Haverá, ainda, mostras de implementos agrícolas e maquinários, bem como um seminário para tratar sobre o setor sucroenergético no Estado. 

    Os preparativos para a próxima edição foram iniciados para que sejam traçados todos os arranjos necessários. Algumas empresas, por exemplo, já entregaram os croquis das áreas de plantio a Fundação MS, que faz o cultivo e acompanhamento dessas áreas. O objetivo é que os participantes possam visualizar como as tecnologias auxiliam na produção agrícola.

    Sobre o Showtec

    Destinado aos produtores e empreendedores rurais, técnicos agrícolas, acadêmicos, entre outros, o Showtec é uma feira anual onde são apresentados produtos e serviços ligados ao setor agropecuário, lançamentos, inovações tecnológicas, sistemas de produção, palestras técnicas e resultados de pesquisas que contribuem para a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

    O evento é realizado pela Fundação MS e promovido pelo Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Sistema OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras), Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) e Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). O Showtec conta com o apoio do Sindicato Rural de Maracaju, Prefeitura Municipal de Maracaju, Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul), Embrapa Gado de Corte, Embrapa Agropecuária Oeste, Embrapa Solos, Embrapa Pantanal, Monsanto, Agrisus, Agron, Fundect (Fundação de Apoio do Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.



    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS