Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 7 de novembro de 2016

    Sete emissoras de rádio de MS migrarão de frequência AM para FM

    Presidente Temer ao assinar migração de emissoras AM para FM (Foto: Foto: Marcos Corrêa/ Presidência da República)

    Sete emissoras de rádio de Mato Grosso do Sul foram beneficiadas pela assinatura de um termo aditivo que autoriza a migração de rádios AM para a faixa FM, no país. O documento foi assinado pelo presidente Michel Temer, nesta segunda-feira (7), em evento no Palácio do Planalto em Brasília.

    Em Campo Grande, as rádios Difusora Pantanal (AM 1240) e Rádio Ativa (AM 1180) farão a migração. Em Cassilândia, a 418 quilômetros de Campo Grande é a rádio Patriarca (AM 670) que passará pela mudança de frequência para a faixa FM.

    As rádios Difusora (AM 850) em São Gabriel do Oeste e Pantanal de Coxim, também estão entre as emissoras divulgadas nesta segunda-feira. As outras duas rádios a terem seus sinais de transmissão melhorados ficam em Ribas do Rio Pardo e Ivinhema.

    No total, 240 emissoras de todo o país se beneficiaram com a publicação. O termo assinado nesta segunda-feira (7) em que também é comemorado o dia do radialista, dá continuidade a um processo de migração iniciado ainda em 2013, com a edição do Decreto 8.139.

    Naquele ano, das 1.781 estações AM do Brasil, 1.386 (77%) pediram ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações a mudança para a faixa FM, confirme divulgou o órgão.

    O próximo passo das emissoras é apresentar ao ministério o projeto técnico de instalação e solicitar a autorização para uso de radiofrequência à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

    Além de melhorar a qualidade do sinal, a mudança de frequência das emissoras de AM para FM também possibilita que elas sejam acessadas em dispositivo móveis, como em celulares e tablets, por exemplo.




    Fonte: campograndenews
    Por: Adriano Fernandes
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/sete-emissoras-de-radio-de-ms-migrarao-de-frequencia-am-para-fm

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS