Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 29 de novembro de 2016

    Senai qualificará mão de obra para fábrica da Asperbras em Água Clara

    Divulgação

    O Senai e Asperbras, fábrica de MDF em estágio final de construção no município de Água Clara (MS), capacitarão 80 pessoas, que, de acordo com o desempenho apresentado, poderão integrar o quadro de colaboradores da indústria no início das operações. O diretor-técnico do Senai, Gilberto Evídio Schaedler, reuniu-se, nesta segunda-feira (28/11), com representantes da empresa para alinhar detalhes referentes ao curso que será oferecido.

    “Serão abertas duas turmas de 40 pessoas, direcionadas para a comunidade em geral. As aulas da primeira turma devem começar na segunda quinzena de janeiro de 2017”, pontuou Gilberto Schaedler. O gerente do Senai de Três Lagoas, Adevaldo Vasconcelos, explicou que a entidade customizará um curso para atender especificamente as necessidades da Asperbras. “Após essa conversa, faremos a construção das competências e enviaremos a proposta para a empresa”, pontuou.
    Divulgação

    O diretor da Asperbras, Mário Sérgio Gavinho, comentou que as necessidades da empresa englobam um início de formação básica, com noções de informática e língua portuguesa, por exemplo, e seguem para uma formação específica, voltada para a operação do maquinário da linha de produção. “Cada turma deve ter a duração aproximada de seis meses e o nosso público-alvo são pessoas da região, com Ensino Médio completo e vontade de aprender. Os alunos que se destacarem na formação teórica serão admitidos para um estágio na fábrica e possivelmente efetivados diante da aprovação do perfil”, disse.

    Mário Gavinho faz questão de ressaltar que há vagas para absorver os 80 alunos, desde que eles demonstrem bom desempenho e proatividade. “A Asperbras quer ser reconhecida por valorizar a mão de obra local. Mas trabalhamos com equipamentos altamente tecnificados e, para isso, precisamos de colaboradores qualificados”, frisou.

    O início das operações da primeira fábrica de MDF do Estado está previsto para setembro de 2017. A Asperbras ocupa uma área de 500 mil m² e contou com um aporte de R$ 500 milhões, direcionado também para o plantio de 36 mil hectares de eucalipto certificado - que deverá suprir totalmente a demanda da planta a partir de 2018. A primeira linha empregará cerca de 150 funcionários e produzirá 250 mil metros cúbicos de placas de MDF cru e MDF revestido por ano.



    Fonte: ASSECOM
    Por: Daniel Pedra


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS