Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 28 de novembro de 2016

    Senai oferece 375 vagas em 7 cursos gratuitos distribuídos por 5 bairros da Capital

    Divulgação

    O Senai de Campo Grande está com inscrições abertas para preencher 375 vagas em 7 cursos gratuitos de qualificação profissional distribuídos pelos bairros Maria Aparecida Pedrossian, Jardim Aeroporto, Universitário, Vila Carlota e Dom Antônio Barbosa. As capacitações são oferecidas no âmbito do Programa Rede Solidária, desenvolvido pela Sedhast (Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

    Segundo a gerente de educação do Senai, Dagmar Tavares Viana de Queiroz, os cursos oferecidos são os de operador de computador, almoxarife, assistente de controle de qualidade, assistente de contabilidade, assistente administrativo, modelista de roupas e pintor de obras. “São cursos que constam na grade regular do Senai e estão sendo oferecidos gratuitamente aos assistidos pelo Programa Rede Solidária. É uma oportunidade ímpar para quem almeja uma inserção no mercado de trabalho”, disse.
    Divulgação

    Os cursos são disponibilizados nos períodos matutino, vespertino e noturno, enquanto as aulas estão previstas para começar entre os dias 1º e 9 de dezembro, dependendo do curso e do bairro escolhido pelo candidato, prosseguindo até março ou abril de 2017. Com vagas limitadas a até 20 alunos por turma, as inscrições podem ser feitas na sede do Senai de Campo Grande, localizada na Rua Engenheiro Roberto Mange, s/n, Bairro Amambaí, ou na sede do Programa Rede Solidária - Unidade Ruth Cardoso, que fica na Rua Adelaide Maia Figueiredo, 1.879, no Bairro Dom Antônio Barbosa.

    A unidade do Senai funciona das 7 às 21 horas, sem intervalos, enquanto o Rede Solidária funciona no horário comercial, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. Para se inscrever é necessário levar uma foto 3x4 e cópias e originais dos seguintes documentos: RG, CPF (exige-se o CPF original, não podendo ser a CNH), título de eleitor, certidão de nascimento ou casamento, certificado de reservista, comprovante de escolaridade, comprovante de residência e auto declaração de renda, que pode ser preenchida no ato da matrícula. O início das aulas está condicionado ao fechamento das turmas, que devem atingir a quantidade mínima de 15 alunos inscritos.

    Confira o quadro abaixo:






    Fonte: ASSECOM
    Por: Daniel Pedra


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS