Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 17 de novembro de 2016

    Robson Braga e Sérgio Longen inauguram Memorial da Indústria de MS

    Divulgação

    O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, e o presidente da Fiems, Sérgio Longen, inauguram, na tarde desta quinta-feira (17/11), o Memorial da Indústria de Mato Grosso do Sul, que integra a estrutura do novo bloco do Senai de Campo Grande. “O Memorial era um sonho pessoal. Um sonho não só meu, mas de todos os diretores, que ansiavam por um ambiente onde pudéssemos avaliar o que foi feito desde a criação do Sistema Fiems até os dias de hoje”, declarou. “É a indústria do passado, a indústria do presente e a indústria de amanhã”, comentou.
    Divulgação

    O presidente da CNI, Robson Braga, destacou a importância do espaço para a história da indústria. “É um grande feito ter em um só lugar fatos históricos sobre o trabalho do Senai, do Sesi e do IEL”, comemorou. Já o governador Reinaldo Azambuja, que também participou da cerimônia de inauguração, apontou o Memorial como um novo ponto turístico para quem visita o Estado. “A história de Mato Grosso do Sul caminha lado a lado com o desenvolvimento da indústria, e o Memorial torna-se visita obrigatória para aqueles que buscam saber um pouco mais sobre nosso Estado”, disse.
    Divulgação

    As instalações do Memorial da Indústria têm 411 m² e é a edificação mais antiga do Senai em Campo Grande, sendo inaugurada pela primeira vez em 1º de fevereiro de 1949. Agora, o prédio foi completamente revitalizado e passa a abrigar a história da indústria sul-mato-grossense e das instituições que compõem o Sistema Fiems – Sesi, Senai e IEL. 

    O Memorial reúne fatos históricos referentes ao desenvolvimento industrial de Mato Grosso do Sul, com ênfase no trabalho da Fiems, do Senai, do Sesi e do IEL. Também oferece opções interativas para os visitantes, que podem assistir a vídeos e escutar áudios gravados especialmente para o espaço. No espaço, será possível gravar depoimentos que serão disponibilizados para os futuros visitantes.



    Fonte: ASSECOM
    Por: Daniel Pedra


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS