Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 21 de novembro de 2016

    Para renegociar dívidas, empresas parcelam débitos em até 60 vezes

    Campanha Nome Limpo pretende atender até 20 mil pessoas, até dezembro. (Foto: Marcos Ermínio)

    Consumidores acordaram cedo para iniciar a renegociação de dívidas durante a campanha Nome Limpo, que começou hoje em Campo Grande. Os interessados em resolver pendências com empresas vão encontrar parcelas em até 60 vezes e descontos nos juros, multas e correção monetária para pagamento à vista.

    Com dívida de R$ 10 mil, o trabalhador rural Vanderlei Rosano Alves Santana, 36, quer limpar o nome e quitar o débito com a Águas Guariroba. "Aluguei minha casa e quem estava morando, não pagava a conta, faziam gambiarra e toda vez que a empresa descobria multava em R$ 3 mil".

    O trabalhador quer parcelar a dívida pois alega que não tem condições de pagar à vista. "Não posso pagar tudo isso à vista e aproveitei a campanha para resolver esse problema e tirar meu nome do SCPC".

    De acordo com a coordenadora de cobrança da Águas Guariroba, Maria Cleide do Nascimento, para negociação à vista, o consumidor terá desconto de juros, multa e correção monetária. "Quem quiser parcelar, dividimos a entrada em até 10 vezes no cartão de crédito e o restante pode ser parcelado em até 60 vezes, sempre analisando o orçamento do cliente, o débito dele e o consumo atual", informa.

    A expectativa é atender durante a campanha, cinco mil pessoas. "Automaticamente, quando o cliente negocia o débito, religa a água dele. As vantagens são inúmeras e o cliente fica com o nome limpo", afirma a coordenadora.

    O autônomo Nayjhon Rodrigues dos Santos, 25, negociou a dívida de R$ 2,6 mil com a Energisa. "Achei as condições de pagamento bem acessíveis e vou pagar em 24 vezes".

    Durante a campanha Nome Limpo, a Energisa pretende recuperar R$ 1 milhão e nesta semana, a expectativa é atender de 300 a 400 consumidores. As condições de pagamento são as seguintes: 50% de desconto em juros, multas e correção monetária no parcelamento em 24 vezes. À vista, a empresa isenta todos os juros e multas.

    Quem foi cedo renegociar a dívida, foi Jair Bispo da Silva, 62. "Morava em uma casa alugada e quando sai não pedi o consumo final. Devia R$ 480 e agora, cortaram a luz da casa onde moro por causa dessa dívida. As condições me agradaram e vou parcelar o valor em até 12 vezes".

    A Bigolin também está na campanha para renegociar as dívidas dos clientes. Segundo a encarregada de contas a receber da empresa, Beatriz Plenamente, o valor devido é bem expressivo, sem falar os números. "A empresa parcela o valor no cartão de crédito ou boleto em até 8 vezes e à vista, dá desconto de até 30%, dependendo do valor a negociar".
    Consumidores foram cedo renegociar os débitos. (Foto: Marcos Ermínio)

    Cenário 

    Conforme o economista-chefe da associação, Normann Kallmus, este é o momento das pessoas quitarem as dívidas e limparem o nome.

    "O ano passado foi bem complicado para os brasileiros, houve um aumento na taxa de desemprego e sem salário, as pessoas não tinham como quitar as dívidas. Este ano, vemos que aqui em Campo Grande, está tendo um crescimento na oferta de empregos, mais pessoas estão trabalhando e com isso, aumenta o poder de compra. Este é um momento bom, com o 13º, para quitar as dívidas", explica.

    Campanha 

    São 900 empresas participantes da Campanha Nome Limpo. Apenas três, Energisa, Águas Guariroba e Bigolin estão na sede da ACICG para atender os clientes.

    Segundo o diretor da Boa Vista SCPSC, Renato Paniago, os consumidores que tiverem dívidas com outras empresas, devem acessar o site da ACICG para conferir quais estabelecimentos estão participando da campanha ou ligar para o número 3312-5000. "Os consumidores podem procurar as empresas que estão na campanha, pois elas, estão com condições especiais para renegociação".

    A expectativa deste ano é de atender 20 mil consumidores.

    A ACICG está localizada na rua 15 de novembro, número 390, Centro, em frente a praça Ary Coelho. A campanha acontece de até 21 de dezembro em todas as empresas participantes e de 21 de novembro a 25 de dezembro, das 8h Às 17h, na sede da ACICG, com Águas Guariroba, Bigolin e Energisa.



    Fonte: campograndenews
    por: Renata Volpe Haddad
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/economia/para-renegociar-dividas-empresas-parcelam-debitos-em-ate-60-vezes

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS