Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 28 de novembro de 2016

    Na Bahia, Marquinhos indica que renegociará dívidas e fará ajuste fiscal

    Marquinhos no encontro com ACM Neto nesta segunda-feira, em Salvador (Foto: Assessoria)

    O prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), afirmou nesta segunda-feira (28), depois de se reunir com o prefeito reeleito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), que irá renegociar dívidas e somar medidas de ajuste fiscal com redução de custeio para que a Capital sul-mato-grossense volte a se desenvolver.

    “Temos que ter coragem de fazer mudanças por uma gestão moderna e eficiente, e estou convicto de que esse é o caminho para Campo Grande”, declarou Marquinhos Trad, que foi a Salvador, acompanhado de Pedro Pedrossian Neto, membro da sua comissão de transição, trocar experiências com o prefeito baiano.

    O encontro durou mais de duas horas, e o novo prefeito campo-grandense focou seu interesse nas medidas adotadas por ACM Neto desde que assumiu a Prefeitura de Salvador em janeiro de 2013. Ouviu do gestor baiano que a base do seu trabalho partiu da formação livre do secretariado, sem pressão política, e cumprimento de metas. “A escolha dos secretários foi uma decisão livre e técnica”, frisou Marquinhos, dando a entender que terá o mesmo procedimento em Campo Grande.

    Com as medidas, no primeiro ano de sua gestão, segundo Marquinhos Trad, o prefeito de Salvador fez o que ele mesmo chamou de "zeladoria da cidade". Fechou os buracos, iluminou a cidade e tornou as praças públicas um espaço bem cuidado, limpo e seguro para as famílias.

    Já Pedro Pedrossian Neto destacou que o prefeito de Salvador lançou 60 decretos de ajuste fiscal e de redução de custeio e de comissionados, como medidas para ajustar as contas, organizar e preparar a Capital da Bahia para o futuro.

    “No segundo ano do mandato, ACM Neto contou que lançou várias obras de modernização, urbanização e desfavelamento. No terceiro, se dedicou a reforçar programas sociais e, no quarto, a meta foi concluir as obras”, disse Pedrossian Neto, para quem a conversa com ACM Neto reforçou a convicção da necessidade de cortar gastos, renegociar dívidas e fazer ajuste fiscal para acabar com a sonegação de impostos.

    Além de Pedro Pedrossian Neto, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) também acompanhou Marquinhos Trad na reunião com o prefeito ACM Neto, em Salvador.



    Fonte: campograndenews
    por: Paulo Nonato de Souza
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/politica/na-bahia-marquinhos-indica-que-renegociara-dividas-e-fara-ajuste-fiscal

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS