Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 8 de novembro de 2016

    MS é líder e referência no cultivo com integração lavoura pecuária

    Evento em janeiro vai apresentar tecnologias e debater o tema 

    Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e autoridades no lançamento do Showtec 2017. (Foto: Denilson Rodrigues)

    Mato Grosso do Sul tem atualmente dois milhões de hectares cultivados no sistema de ILPF (Integração Lavoura Pecuária e Floresta) e já contribui de forma isolada, com 20% da meta nacional na mitigação de gases de efeito estufa e isso tudo por causa das tecnologias desenvolvidas no Estado.

    Programado para os dias 18, 19 a 20 de janeiro de 2017 em Maracaju, a 21º Showtec vai apresentar as novidades tecnológicas que estão sendo inseridas gradativamente a pecuária no ambiente científico.

    Conforme o presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes, a integração ILPF e ILP (Integração Lavoura e Pecuária) está cada vez mais sendo inserida e discutida no evento. "Esse é o sistema de produção que hoje tem sido visto por todo mundo como sustentável e de respeito ao meio ambiente, de efetividade no quesito de resultados ao produtor com segurança. A medida em que partimos para a diversificação, interação entre agricultura e pecuária isso se traduz ao produtor como resultados positivos".

    Sobre o Showtec, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), afirma que os resultados dos outros 20 eventos, são mostrados no dia a dia. "MS é o primeiro em cultivar ILPF e é o primeiro em mitigação de gases de efeito estufa e tem sido o primeiro em avanço de produtividade graças a esse trabalho da ciência, pesquisa e também das novas tecnologias".

    Ele diz ainda, que o governo vai continuar apoiando as pesquisas para o Estado continuar em desenvolvimento. "Se somos o primeiro Estado em mitigação de gases de efeito estufa, significa que contribuímos para um planeta melhor, um país melhor e um Estado melhor. Com esses resultados, podemos ocupar um espaço que está se abrindo para os produtos produzidos aqui".
    Presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes afirma que em 2017, Showtec terá várias novidades em tecnologia, para os produtores rurais. (Foto: Marina Pacheco)

    Integração 

    De acordo com o presidente da Embrapa Gado de Corte, Cléber Soares, em relação a integração, cerca de 70% da área cultivada é em sistema de ILP. "O berço desse sistema é Maracaju e municípios ao redor. O Showtec é realizado nesse berço e tem sido fundamental nesse processo de difusão de tecnologias".

    O Brasil tem 11,5 milhões de hectares atualmente existente no sistema de ILPF. "MS é o primeiro no país em área cultivada de integração, com duas combinações em ILP e pecuária floresta, esse último é muito cultivado principalmente na região da Costa Leste".

    Para o presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS), Maurício Saito, Showtec é de total relevância para Mato Grosso do Sul. "Nos últimos 40 anos, na condição de importador de alimentos, tivemos uma evolução fantástica. De 1994 até a última safra, houve uma evolução que dobrou nossa produção em cima de aumento de área, isso tudo graças a introdução de novas tecnologias".



    Fonte: campograndenews
    Por: Renata Volpe Haddad
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/rural/ms-e-lider-e-referencia-no-cultivo-com-integracao-lavoura-pecuaria


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS