Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 28 de novembro de 2016

    Justiça Eleitoral cassa diploma de prefeito reeleito em cidade de MS

    Prefeito reeleito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara Rodrigues de Almeida (PSB) - Divulgação

    A Justiça Eleitoral cassou o diploma do prefeito reeleito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara Rodrigues de Almeida (PSB). O caso corre em segredo e não há mais informações a respeito da decisão disponíveis no sistema do órgão.

    Segundo informações do site Hoje MS, o réu foi investigado por compra de votos e abuso de poder econômico durante a campanha.

    O cartório da 24ª Zona Eleitoral, responsável pelo município, localizado a 481 quilômetros de Campo Grande, informou que a sentença completa deve ser publicada na edição de terça-feira (29) do Diário da Justiça.

    A decisão atende ao pedido feito pelo MPE (Ministério Público Eleitoral) e ainda cabe recurso. Se confirmada em segunda instância ou se transitar em julgado (quando não há mais chances de apelação), os 6.041 votos que José Robson recebeu são anulados e uma nova disputa deve ser agendada para a cidade.

    Conforme o DivulgaCand, sistema que reúne informações sobre as eleições 2016, a campanha do réu custou R$ 140.096,79, tendo a coligação arrecadado R$ 145.616,79. José Robson foi responsável por bancar 98,84% do valor, tendo destinado R$ 138.096,79 na disputa pelo Executivo.

    Tentamos contato com o prefeito reeleito, mas ele não atendeu às ligações.

    Dados do município 

    Aparecida do Tabuado tem população estimada em 24.745 habitantes e ocupa uma área de 2.750,150 quilômetros quadrados, o que resulta em densidade demográfica de 8,12 habitantes por quilômetro quadrado.

    Localizado na região leste de Mato Grosso do Sul, a cidade se destaca pela indústria, tendo relevância para o PIB (Produto Interno Bruto) também o setor de serviços e agropecuária.



    Fonte: campograndenews
    Por: Ricardo Campos Jr.
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/politica/justica-eleitoral-cassa-diploma-de-prefeito-reeleito-em-cidade-de-ms

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS