Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 8 de novembro de 2016

    HR terá anexo de R$ 50 milhões para instalação de unidade de reabilitação

    Governo pretende investir R$ 50 milhões

    Hospital Regional, em Campo Grande, que deve ter anexo de reabilitação. (Foto: Arquivo)

    Além do Hospital do Trauma, previsto para ser entregue em 2017, uma unidade de reabilitação médica será construída no estacionamento do Hospital Regional Rosa Pedrossian pelo Governo do Estado. O objetivo é ampliar o atendimento a uma área que abrange vítimas de acidentes de trânsito, o que atualmente afoga a ortopedia da Santa Casa de Campo Grande.

    O secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares, disse nesta terça-feira (8) em entrevista, que o projeto está na fase da proposta executiva e o próximo passo é enviar para aprovação da Caixa Econômica Federal.

    "Calculamos uns R$ 50 milhões para conclusão da obra. O Estado vai dar a contrapartida, mas vamos buscar financiamento com a Caixa", diz o secretário.

    Tavares afirma que, além da contrapartida, um montante oriundo emendas parlamentares dos deputados federais e senadores de Mato Grosso do Sul, também será usado na obra. "É uma ampliação muito grande que vai ser, a mais importante da área de saúde do governador Reinaldo Azambuja", estima.

    O secretário adianta que o local já foi escolhido e será um anexo do hospital. Ele diz que a ampliação prevê especialistas e computadores modernizados para melhorar a qualidade de vida dos pacientes que serão atendidos no Hospital do Trauma, que ocupará anexo da Santa Casa.

    "Digamos que a pessoa fez um trauma de fêmur e colocou um pino na urgência e emergência, aí não consegue andar e tem dor. Este cara, que está encostado, depois de um ano ou seis meses o serviço orienta e analisa qual tipo de cirurgia precisa ser feita para melhorar a qualidade de vida dele", exemplifica.

    Tavares explica que todo equipamento e estrutura necessária para a reabilitação de pacientes será disponibilizado no local. Ele adiantou que o prédio contará com piscina para fisioterapia e botas ortopédicas.

    A Secretaria de Estado de Saúde ainda não sabe se conseguirá finalizar a ampliação antes do fim da atual gestão, mas garante que vai deixar o projeto encaminhado. "Não sei se tem tempo de estar pronto, mas no ano que vem está resolvido", diz Tavares.

    Hospitais no interior 

    Além da ampliação do Hospital Regional Rosa Pedrossian, o governo do Estado vai concluir a ampliação dos hospitais de Ponta Porã, Corumbá, além do Hospital do Trauma e Hospital do Câncer Alfredo Abrão em 2017.

    O titular da SES também adiantou que na quarta-feira (9) o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), vai a Brasília (DF) para tentar assinar convênio de construção do Hospital Regional de Dourados. "Já foi aberta a licitação para a construção do Hospital de Três Lagoas e vamos continuar com os outros hospitais", pontua o secretário.



    Fonte: campograndenews
    Por: Yarima Mecchi
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/hr-tera-anexo-de-rs-50-milhoes-para-instalacao-de-unidade-de-reabilitacao

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS