Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 17 de novembro de 2016

    FRONTEIRA| Mulher é executada à tiros por pistoleiros

    Mulher é executada a tiros por pistoleiros em meio a guerra do crime organizado pelo controle da região de fronteira com o Mato Grosso do Sul.

    Divulgação

    A mesma foi identificada como a paraguaia, Margarita Beatriz Villalba (56) executada na manha de quinta feira (17) por volta das 07.00hs, quando transitava próximo a linha divisória entre a cidade paraguaia de Capitan Bado e Coronel Sapucaia no Mato Grosso do Sul, onde os pistoleiros a bordo de uma motocicleta surpreenderam a mesma e realizaram vários disparos de pistola 9mm contra a vitima que faleceu de forma instantânea na cidade paraguaia de Capitan Bado.

    O violento homicídio se deu a apenas dez horas após a dupla de moto executar duas pessoas em uma pastelaria dessa cidade na tarde de quarta feira, situação que deixa a população temerosa, já que a guerra do crime organizado pelo controle da região nos últimos dias tem causado varias vitimas com o ataque dos pistoleiros, onde ate o momento os agentes da Policia Nacional do Paraguai, não tem pistas sobre os autores das execuções.

    Segundo informações, os ajustes de contas estariam na ordem do dia na região de fronteira onde os integrantes do grupo criminoso Primeiro Comando da Capital e Comando Vermelho teriam se instalado e teriam iniciado uma guerra pelo controle da região considerada a de maior produção de maconha situada próxima a fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.



    Fonte: Porã News
    Link original: http://poranews.com/?p=12752

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS