Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 7 de novembro de 2016

    Educação orienta pais a não deixarem matrícula para última hora

    Informações são necessárias para organização do ano letivo

    Autoridades estavam presentes em lançamento de pré-matrícula. (Foto: Anahi Zurutuza)

    O período de pré-matrícula da rede estadual de ensino começou hoje (7) e a secretária de Educação do Estado, Maria Cecília Amêndola Mota, pediu para que os pais não deixem para fazer na última hora, uma vez que o período encerra no dia 6 de janeiro. De acordo com a secretária, informações importantes são necessárias para a organização do ano letivo.

    No momento da pré-matrícula os pais precisam informar o número do uniforme que o filho usa, se ele tem alguma deficiência, além do remanejamento das escolas e controle de vagas que é feito. A SED (Secretaria do Estado de Educação) também precisa convocar os professores e fazer o remanejamento dos docentes nas escolas.

    "O mês de janeiro é um mês de muito trabalho. É importante pegar todos esses dados e organizar o início do ano letivo para que seja tranquilo", disse Maria Cecília.

    O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, destacou que o sistema de pré-matrícula foi reformulado para dar mais tranquilidade aos alunos e para as famílias planejarem o ano letivo mais perto de casa ou em uma escola de preferência.

    Em relação aos kit escolares Azambuja disse que são importantes para o alunos porque muitos não tem condições de compra roupa e material para estudar e também pediu para os responsáveis não deixem para fazer a pré-matrícula na última hora. "Quanto mais cedo fizer melhor para organizar o kit escolar. Tem gente que acha que não faz parte da qualidade de ensino, mas contribui sim porque tem aluno que não tem condição".
    Governador discursou durante laçamento de pré-matrícula. (Foto: Anahi Zurutuza)

    Orçamento 

    Durante o discurso no lançamento da pré-matrícula na manhã de hoje (7) o governador também aproveitou para anunciar que para 201 vai investir mais em educação e ao longo do ano os recursos devem passar de R$ 1 bilhão.

    "Esse recursos vai melhorar estrutura das escolas, obedecer o cronograma de pagamento de aumento dos professores o que fortalece o magistério e faz com que o Estado seja o que tem o maior salário de professores e com certeza vai continuar tendo até 2012".



    Fonte: campograndenews
    por: Yarima Mecchi e Anahi Zurutuza
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/educacao-orienta-pais-a-nao-deixarem-matricula-para-ultima-hora

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS