Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 8 de novembro de 2016

    COSTA RICA| Prefeito reafirma compromisso de valorização do professor e anuncia pagamento do 14º e 15º salário

    Foto: Júlio Cezar - ASSECOM/PMCR

    Em Costa Rica – MS, o prefeito Waldeli dos Santos Rosa, reafirmou o compromisso de valorização dos professores e anunciou que vai pagar o 14º e o 15º salário para os mais de 300 educadores da REME - Rede Municipal de Educação.

    A boa notícia dada pelo prefeito durante o jantar em homenagem aos professores, realizado no último dia 29 de outubro, na sede do Rotary Clube, alegrou os profissionais da área. “Essa é mais uma bonificação que estamos dando aos nossos educadores como forma de motivá-los ainda mais a se empenharem na educação das nossas crianças, jovens e adultos”, declarou o Chefe do Executivo Municipal ao lembrar que desde que assumiu seu terceiro mandado, todo ano fez questão de não medir esforços para conceder essa gratificação extra aos mestres.

    Conforme o prefeito Waldeli, o 14º salário será depositado na conta dos educadores junto com o pagamento deste mês de novembro, ou seja, na última sexta-feira (25). Já o 15º estará disponível junto com o pagamento de dezembro que será antecipado para o dia 16. Além disso, a segunda parcela, ou o valor integral do 13º salário será pago no dia 10 de dezembro. 

    “Nós queremos fazer parte de um resgate porque entendemos que ao longo dos anos, o professor, a professora, eles se transformaram em credores da sociedade”, declarou o prefeito que classificou os educadores como “heróis e heroína”.

    Conforme a secretária professora Mestre Manuelina Martins da Silva Arantes Cabral, o pagamento do 14º e 15º foi determinado pelo prefeito, após revisão feita pelo Conselho Municipal do Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - “essa medida, que representa dois salários a cada educador de Costa Rica, demonstra a valorização dos nossos profissionais do magistério”, disse a gestora, ressaltando que a administração Municipal tem comprometimento e transparência com o Recurso Público.

    Waldeli salienta que nunca interveio nas decisões coletivas do Conselho do Fundeb do Município. Mas ele frisou que sempre exige que todo o procedimento seja feito corretamente e de acordo com o que estabelece a Lei. “Neste final de ano, os nossos professores estão sendo merecidamente abonados com uma justa divisão. Isso é importante porque teremos profissionais mais motivados e quem ganha é a nossa população”, disse.

    As diretoras das instituições de ensino enfatizam que os educadores são compromissados com a educação independente de incentivos, mas comemorou a ação do Governo Municipal em reconhecer o esforço dos profissionais.

    “Não há desenvolvimento possível sem educação de qualidade e não há educação de qualidade sem trabalhadores valorizados. Para a administração, esse é um ponto essencial, pois confirma que temos como fazer educação de qualidade no Município, basta ter foco, ter meta, disciplina e bons gestores”, finalizou a subsecretária de Educação, professora Dulcinéa Rosa.






    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS