Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 4 de novembro de 2016

    CNI, Fiems, Sebrae e IEL avaliam projeto de inovação voltado às micro e pequenas empresas

    Divulgação

    Representantes da CNI, da Fiems, do Sebrae e do IEL reuniram-se, nesta sexta-feira (04/11), no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), para avaliar o andamento do projeto “Inovação para Sustentabilidade no Mercado das Micro e Pequenas Empresas”, implantado em setembro junto a 12 empresas dos municípios de Dourados, Deodápolis, Douradina e Glória de Dourados dos segmentos metalmecânico, alimentação, construção civil, automação e vestuário. Mais três empresas já deram início ao processo e estão em fase inicial de implantação.

    Segundo o diretor de Gestão Estratégica da Fiems, Rodrigo Benevides, o objetivo do projeto é disponibilizar ferramentas que fomentem a competitividade das empresas. “Nosso papel é auxiliá-las a identificar oportunidades de inovação que costumam passar despercebidas no dia a dia da indústria”, comentou. Já Rodrigo Carrijo, consultor da CNI, a reunião também foi promovida para orientar as partes envolvidas no projeto, com a realização de ajustes estratégicos pensados para alcançar melhores resultados. 
    Divulgação

    “A duração média prevista para o projeto é de 18 meses e ele é subdividido em quatro etapas: sensibilização das empresas para adesão, diagnóstico inicial, consultoria e diagnóstico final”, explicou Rodrigo Carrijo, completando que Mato Grosso do Sul se destaca em nível nacional pela competência na implantação e na execução de projetos voltados para a indústria. “A parceria da Fiems com o Sebrae é um ponto importantíssimo. As instituições trabalham lado a lado vislumbrando o desenvolvimento empresarial, sem focar unicamente nos resultados institucionais”, pontuou.

    De acordo com o superintendente da IEL, José Fernando Amaral, o Instituto foi contratado para prestar consultoria às empresas que aderiram ao projeto. “Trata-se de um divisor de águas para as empresas do Estado. A área de desenvolvimento industrial do IEL está com todos os esforços voltados para esta ação, que vem ao encontro da nossa intenção de atuar mais fortemente na região sul do Estado”, comentou.



    Fonte: ASSECOM
    Por: Daniel Pedra


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS