Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 29 de novembro de 2016

    CASSILÂNDIA| Após denúncia de "farra das diárias", promotor investiga Câmara Municipal

    Denúncia foi feita em Cassilândia

    Divulgação

    A 1ª Promotoria de Justiça de Cassilândia instaurou na última sexta-feira (25) um inquérito civil para apurar uma reclamação feita ao órgão sobre o excesso de diárias recebidas pelos vereadores da Câmara Municipal da cidade.

    O inquérito só se tornou público nesta terça-feira (28), após ser publicado no Diário Oficial do MPE-MS) Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, mas as investigações ocorriam desde abril, quando a denúncia foi protocolada.

    A investigação lista como requeridos todos os vereadores do município: Admilso Cesario Santos (PMDB), Arthur Barbosa de Souza Filho (PMDB), Claudete Dosso (PSDB), Florisvaldo Barbosa Dias (PMDB), Francisco Machado Filho (PMDB), José Martiniano de Moura (PMDB). Márcia Leonel de Souza Oliveira (PMDB), Marcos Perpetuo Leite da Costa (PR), Samuel Béu Gomes (PP), Valdecy Pereira da Costa (PMDB) e Waddyh Moyses Neto (PTC).

    Em consulta ao Portal da Transparência da Câmara Municipal de Cassilândia, é possível conferir que R$ 109 mil foram gastos com pagamentos de diárias aos parlamentares do município desde o início de ano. Apenas a vereadora Claudete Dosso não teria percebido os benefícios durante todo o período.

    A investigação foi instaurada pelo promotor Adriano Lobo Viana de Resende, da comarca de Cassilândia. 



    Fonte: Midiamax
    Por: Joaquim Padilha (sob supervisão de Evelin Araujo)
    Link original: http://www.midiamax.com.br/transparencia/camara-municipal-investigada-promotor-denuncia-farra-diarias-323758

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS