Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 2 de novembro de 2016

    Após discussão, policial reformado atira em casal e mata mulher

    Divulgação

    Duas pessoas foram baleadas em uma chácara, na entrada do balneário Cachoeirão, por volta das 20h de segunda-feira (1º), em Terenos, distante 25 quilômetros de Campo Grande. Fabiana Aparecida Bastos Andrade, 40 anos, morreu e o marido dela, William Assis dos Santos, 30 anos, ficou gravemente ferido. O suspeito de ter cometido o crime é Gilmar Firmino Santana, 49 anos, policial militar reformado.

    Conforme boletim de ocorrência, o PM contou que o casal chegou em sua propriedade por volta das 15h30 e sem motivo começou o agredir verbal e fisicamente. Para se defender, segundo a versão dele à polícia, sacou o revólver calibre 38 entre as penas e disparou contra os dois. O motivo da confusão não foi informado.

    Fabiana foi atingida com tiro no abdômen e morreu no local. O esposo dela, foi ferido na região do tórax. Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para uma unidade de saúde. A vítima estava consciente, mas afirma que não sentia as penas.

    Gilmar foi preso e encaminhado para à delegacia de Terenos. A arma dele usada no crime também foi apreendida. Após os tiros, foi o próprio policial que acionou a equipe e se manteve no local.



    Fonte: campograndenews
    Por: Viviane Oliveira
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/apos-discussao-policial-reformado-atira-em-casal-e-mata-mulher



    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS