Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 4 de outubro de 2016

    Votos nulos para vereador superam em 7 vezes o campeão na Câmara da Capital

    Divulgação

    Os votos nulos e os brancos para vereador em Campo Grande, se somados, chegam a 62.792 e superam em 7 vezes a votação obtida pelo primeiro colocado na disputa à Câmara de Campo Grande, o policial André Salineiro (PSDB), que foi o escolhido de 8.776 pessoas. Na comparação com a vereadora eleita menos votada, Enfermeira Cida (PTN), com 1929 votos, os nulos e brancos representam 31 vezes.

    Não apenas os votos que o eleitor anulou por sua própria vontade seriam 'campeões' se fossem para um candidato específico. Os votos dados a pessoas cujas candidaturas estão sub júdice, e não entram na contagem, também superam os eleitos mais votados. A quantidade chega a 10.946.

    No geral, são 23 candidatos que participaram do pleito desse domingo (2) com situação de registro não confirmado. Destes, seis aguardam resposta do recurso impetrado na justiça para tentar reverter a situação.

    O juiz eleitoral Davi de Oliveira explica que há vários candidatos que receberam votos, mas que estão indeferidos e a maioria sem recurso. Nestes casos os votos são anulados. “Realmente aqueles que estavam com o registro indeferido tiveram os votos considerados anulados. Alguns tiveram o registro não aceito e não recorreram. O prazo desse recurso venceu antes da inseminação das urnas, antes do dia 17, então esses nem apareceram nas urnas”.

    “Outros tiveram recurso indeferido e recorreram e aí o nome deles foram incluídos nas urnas, mas na totalização eles são considerados nulos. Se tiver alguém que ganhar o recurso ai é validado os votos e feita uma nova totalização e recontagem do resultado geral, mas isso só se vir a acontecer de o candidato vencer no TSE [Tribunal Superior Eleitoral] ou no próprio TRE”, ressaltou o juiz.

    Entre os 15 candidatos a prefeito de Campo Grande, uma, Rosana Santos (PSOL) teve seus 2,351 votos anulados, já que seu registro foi indeferido. Até semana passada estava com recurso e não mais aprece desta forma no Divulgacand e na totalização dos votos, aparece zerado.

    Confira a lista dos vereadores indeferidos:

    Claudir Pereira do Prado (Acumulou) - PTN, 529 votos

    Maria Bernadete de Carvalho Gauto (Beth Carvalho) - PV, 938 votos

    Carlito Arantes de Souza (Carlito Arantes) - PV, 186 votos

    D'artagnan de Almeida Falcão (D'artagnan) - PTB, 27 votos

    Vanderley Pinheiro de Lima (Delei Pinheiro) - PSD, 2,249 votos

    Djanir Correa Borbosa (Djanir Barbosa) - PPL, 262 votos

    Cleiton Freitas Franco (Engenheiro Cleiton) - PMN, 15 votos

    Juciara Cristina dos Santos, - PTB 33 votos

    Luciane Cristina da Costa, - PTB 17 votos

    Lucimar Figueiredo Roza Denis (Lucimar Roza) - PSC, 97 votos

    Luiz João da Cunha (Luiz da Pax) - PSOL, 174 votos

    Marinalva Aparecida de Souza Pereira (Marinalva Pereira) - PSD, 117 votos

    Mauricio Aires Viana Filho (Miltinho Viana) - PDT, 438 votos

    Rosa Neide Cardoso (Missionária Neide) - PP, 226 votos

    Pastora Fernandes - PSC, 15 votos

    Clementino Frutuoso Ribeiro (Ribeiro) - PSD, 2,220 votos

    Indeferidos com recursos

    Alexandre Luiz dos Santos Soares (Capacete) - PSC, 384 votos

    Antonio Severino da Silva (Dedinho) - PTN, 225 votos

    Joaqui Jacoboski (Juca do Anhanduí) - PTN, 562 votos

    Mario Angelo Ajala (Major Ajala) - PMN, 2,045 votos

    Marcio Alves Benites (Marcio do Procon) - PSOL, 147 votos

    Vandernir Silva dos Santos (Mulher de Miranda) - PTN, 40 votos





    Fonte: Midiamax
    Por: Mariana Anjos e Marta Ferreira
    Link original: http://www.midiamax.com.br/politica/pouco-mais-7-mil-votos-candidatos-vereador-foram-anulados-capital-317713

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS