Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 13 de outubro de 2016

    No Estado, 6,7 mil contribuintes podem ser excluídos do Simples Nacional

    Sem pagar dívida, contribuinte pode ficar de fora do regime de tributação

    Edson Ishikawa explica que regime é vantajoso para a maioria das empresas - Bruno Henrique / Correio do Estado

    A Receita Federal do Brasil notificou 6.700 contribuintes de Mato Grosso do Sul com débitos no Simples Nacional para regularizarem sua situação, fazendo o pagamento à vista ou de forma parcelada, no prazo de 30 dias após tomar conhecimento da pendência. Caso essas dívidas não sejam regularizadas, esses contribuintes ficarão automaticamente excluídos do regime de tributação em 2017. As notificações foram emitidas em 29 de setembro e em todo o País, mais de 600 mil contribuintes foram comunicados da exclusão. 

    De acordo com o delegado titular da Receita Federal em Campo Grande, Edson Ishikawa, as notificações em todo o País, por meio de Ato Declaratório Executivo (ADE), decorrem da emissão do lote número 9 de exclusão do Simples, em função da existência de débitos abertos com a Receita Federal. 

    “Essa é uma das condições em que uma empresa, a pessoa jurídica, pode ser excluída. O Simples Nacional pode ser muito vantajoso para determinadas empresas, para não dizer a maioria. Então o contribuinte tem que cumprir os requisitos e um deles é não possuir débitos em aberto”, explicou.




    Fonte: Correio do Estado
    Link original: http://www.correiodoestado.com.br/economia/no-estado-67-mil-podem-ser-excluidos-do-simples-nacional/288841/

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS