Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    domingo, 2 de outubro de 2016

    Mulher que matou irmão esquizofrênico esganado tem 31 anos e segue foragida

    Familiares, amigos e vizinhos acompanharam o trabalho da polícia (Foto: Guilherme Henri)

    A Polícia Civil identificou como Mirianne Camargo Cardozo, 31, a principal suspeita de ter assassinado o próprio irmão, Jefferson Camargo Cardozo esganado na tarde deste domingo (2), em uma residência localizada na rua Maicuru, no bairro Jardim Columbia, em Campo Grande.

    De acordo com o boletim de ocorrência, o padrasto da vítima relatou que o enteado morava nos fundos de sua residência. Na tarde de hoje, sua irmã foi até o local e posteriormente passou correndo pela casa dizendo “fui eu, fui eu” e fugiu.

    Os familiares que estavam na residência foram até a casa dos fundos e lá encontraram o corpo de Jefferson com um ferimento no olho esquerdo aparentando ser de uma facada e com marcas no pescoço.

    A Polícia Militar e Civil foram chamadas e no local encontraram uma faca, que pode ter sido usada por Mirianne para cometer o crime. O objeto foi apreendido e o corpo encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) que realizará exame para apontar a real causa da morte de homem.

    Em depoimento à polícia, o padrasto da vítima contou que Jefferson era esquizofrênico, fazia uso de remédios controlados e que frequentemente tinha acessos de raiva em que agredia sua mãe e irmã. Até o fechamento desta matéria a suspeita ainda não tinha sido encontrada pela polícia.




    Fonte: campograndenews
    Por: Guilherme Henri
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/mulher-que-matou-irmao-esquizofrenico-esganado-tem-31-anos-e-segue-foragida

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS