Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 13 de outubro de 2016

    Morre Flávio Gikovate, psiquiatra e escritor, aos 73 anos

    Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital. Médico apresentava o quadro 'No divã do Gikovate', na rádio CBN. 

    O médico psiquiatra Flávio Gikovate, em seu consultório (Foto: Márcio Fernandes/Estadão Conteúdo/Arquivo)

    O psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Flávio Gikovate morreu aos 73 anos em São Paulo nesta quinta-feira (13). Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital, para tratar de um câncer descoberto em março. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do centro médico.

    Formado pela USP em 1966, Gikovate foi um dos pioneiros nos estudos sobre o sexo, amor e vida conjugal no Brasil. Ao todo, ele publicou 34 livros sobre sexo, drogas, educação, entre outros temas.

    Atualmente, o psiquiatra apresentava o quadro "No divã do Gikovate", na rádio CBN, dentro do "CBN Noite Total" e, aos domingos, o programa de mesmo nome.

    Em 2010, o psiquiatra participou da novela "Passione", da TV Globo, a convite do autor Sílvio de Abreu. Na trama, ele interpretava a si mesmo.

    Até as 21h40 desta quinta não havia informações sobre onde ocorrerá o velório.
    Flávio Gikovate, médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor, posa para foto (Foto: Iara Morselli/Estadão Conteúdo/Arquivo)




    Do G1 São Paulo

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS