Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 3 de outubro de 2016

    Meninas negras 'vão se sentir representadas', diz nova Miss Brasil

    Raíssa Santana, de 21 anos, é a segunda negra a vencer o concurso. Jovem conquistou o título na noite de sábado (1º), em São Paulo. 

    Raissa Santana se emocionou ao vencer concurso de Miss Brasil (Foto: Lucas Ismael/Divulgação Miss Brasil BE Emotion)

    A nova Miss Brasil disse acreditar que sua vitória, ocorrida no sábado (1º), em São Paulo, vai contribuir para aceitação de outras jovens. Segunda negra a vencer o concurso (a primeira foi a gaúcha Deise Nunes, em 1986), Raissa Santana afirmou, em entrevista ao G1, que não se achava bonita na escola.

    “Eu acredito que outras meninas vão se sentir representadas. Você olhava para concursos, para a TV, e não encontrava mulheres negras", disse a paranaense de 21 anos. "Agora você pode ver uma Miss negra, achar que ela é linda. Estamos mobilizando e incentivando as meninas a se aceitarem."

    Nascida na Bahia, Raissa se mudou bem nova para o Paraná. Durante a adolescência, ela garante que passou por “uma fase de aceitação”. “Eu não me achava bonita na escola.” A jovem participou do primeiro concurso de beleza aos 16 anos. Na sequência, entrou em disputas de miss municipais, estaduais até chegar ao nacional e vencer.
    A candidata do estado do Paraná, Raissa Santana, é a vencedora do concurso Miss Brasil (Foto: Lucas Ismael/Divulgação Miss Brasil BE Emotion)

    “Eu me achei bonita independente do que as pessoas falavam, eu me aceitei. E eu quero ajudar as outras meninas que passam por isso nas escolas, no bairro, de não se achar bonita por causa do cabelo, do nariz, da boca. A gente é negro e tem o traço negro. Precisamos ensinar essas meninas a se aceitarem. Eu passei por isso e sei que não é fácil”, comentou a paranaense.

    Embora honrada com a conquista, Raissa diz representar mais que a beleza negra. “Eu estou representando a beleza em si. Eu acredito que a beleza é a beleza. Ser a segunda negra depois de um jejum e 30 anos, um jejum muito grande, me deixa honrada. Estou muito contente com o apoio que eu estou tendo.”

    Com a mudança do perfil de Miss, Raissa define o papel que ela exerce. “Eu acredito que a Miss é um exemplo. Ela está ali para formar opinião, divulgar seu país, sua cultura, o seu povo da melhor forma possível.”
    A candidata do estado do Paraná, Raissa Santana, é a vencedora do concurso Miss Brasil (Foto: Alan Morici/FramePhoto/Estadão Conteúdo)

    Concurso

    Raissa, de 1,75 metro, é estudante de marketing e foi eleita Miss Umuarama e depois Miss Paraná. Ela ficou para o anúncio final da disputa com Danielle Marion, Miss Rio Grande do Norte, que ficou em segundo lugar. Deise D’anne, Miss Maranhão, também negra, ficou em terceiro lugar.

    "Acordei e não era sonho. Obrigada por tanto amor minha gente linda!!", escreveu Raissa em sua conta no Instagram.

    O concurso Miss Brasil registrou este ano o maior número de participantes negras, em um total de seis candidatas.
    Raissa Santana comemorou a vitória no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram/Raissa Santana)




    Do G1 São Paulo
    Por: Gabriela Gonçalves

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS