Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 6 de outubro de 2016

    Inaugurado Hospital da Cassems; governador elogia e não descarta parceria

    Hospital tem 14 mil m² de estrutura e fica nos altos da avenida Mato Grosso - Foto: Luiz Carlos Jr

    Foi inaugurado na noite desta quinta-feira (6) em Campo Grande a nova unidade do Hospital Cassems, que fica nos altos da avenida Mato Grosso. O evento contou com a presença de várias autoridades, entre elas o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que elogiou a estrutura do local e não descartou realizar uma parceria público-privada no futuro.
    Ayache comemora inauguração e diz que finalização e abertura da obra é um sonho realizado
    "É mais do que nunca a realização de um sonho, é a nossa forma de contribuir para uma saúde melhor", resume o presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul), Ricardo Ayache, enquanto inaugurava a primeira unidade hospitalar na Capital, mas a nona do Estado.

    Voltada para atender servidores públicos estaduais e seus dependentes, a unidade conta com estrutura de 14 mil m², podendo atender até 1 mil pessoas diariamente. Ao todo, o local conta com 112 leitos, sendo 20 UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) para adultos e nova neonatal. Também há 10 salas de cirurgia.

    "Apesar de ser dentro da saúde complementar e atender especificamente usuários do plano, essa estrutura querendo ou não também contribuiu para desafogar hospitais como a Santa Casa e o Regional. O déficit é tão grande, estimado em 800 leitos na Capital, que qualquer acréscimo é bem vindo", comenta o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares.
    Reinaldo elogia aparato do hospital e não descarta no futuro realizar uma parceria com a unidade

    Quem também vê com bons olhos a inauguração é o governador Reinaldo Azambuja. "É um hospital muito importante para a ampliação de leitos em Campo Grande. Nos últimos 16 anos perdemos muitos leitos, então esse hospital vai contribuir para o acréscimo de leitos aqui", destaca o governador.

    Reinaldo ainda não descarta a possibilidade de, no futuro, realizar uma parceria público-privada com a Cassems para que a unidade faça atendimentos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), nos moldes feitos das feitas com os hospitais do Pênfigo e São Julião, respectivamente, para procedimentos ortopédicos e oftalmológicos.

    "Temos parcerias que derem certo, como as feitas para cirurgias na Caranava da Saúde. É de total interesse do Governo do Estado, até porque esse hospital da Cassems foi bem planejado, tem excelente qualidade de estrutura e de profissionais. Mas tudo ainda vai ser estudado. Essa área tem capacidade de ampliação", frisa Reinaldo.

    Mais leitos em breve - O secretário Nelson Tavares comenta que já na próxima semana, 20 leitos de UTI do Hospital do Câncer de Campo Grande serão inaugurados, somando 60 novos leitos abertos na cidade desde o início do mandato de Reinaldo, em 2015 - na época, haviam 120 leitos habilitados, havendo então ampliação de 50%.

    "Está sendo licitado o hospital de Três Lagoas e em breve será construído também o de Dourados. Já foi inaugurado 36 leitos em Ponta Porã e outros 36 na Santa Casa de Corumbá. A nossa meta é terminar este mandato sem déficit de leitos em Mato Grosso do Sul. É possível", promete Tavares.

    O Hospital Cassems contou com investimento total de R$ 84 milhões, incluindo recursos próprios e do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste).

    O atendimento ao público começa na próxima segunda-feira (10), a partir da ativação do Pronto Atendimento Adulto, que funcionará 24 horas, além do centro de diagnóstico, centro cirúrgico e de oncologia, internações clínicas e cirúrgica e UTI Adulto. No dia 17, o atendimento infantil.



    Fonte: campograndenews
    Por: Nyelder Rodrigues e Anahi Zurutuza
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/governador-elogia-hospital-cassems-na-inauguracao-e-nao-descarta-parceria

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS