Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 24 de outubro de 2016

    Gestores da Fiocruz pedem apoio do Estado para estruturar unidade em MS

    (Foto: Chico Ribeiro)

    O governador Reinaldo Azambuja recebeu em audiência, na tarde dessa segunda-feira, Jislaine Guilhermino, responsável pela unidade da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Mato Grosso do Sul, acompanhada pelos pesquisadores Débora Dupas e Rui Arantes. Jislaine foi recebida pelo governador Reinaldo Azambuja junto com os secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Nelson Tavares (Saúde) e Renato Roscoe (Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação).

    Os representantes da Fundação Oswaldo Cruz em Mato Grosso do Sul solicitaram a audiência para discutir parcerias ao projeto de expansão da unidade e a construção da sua estrutura laboratorial.

    A responsável técnica da instituição apresentou ao governador a planta executiva do projeto de expansão e construção dos laboratórios (atualmente os pesquisadores utilizam laboratórios de instituições parceiras), que tem como meta ampliar as ações de ciência e tecnologia no Estado.

    O governador disse que o Estado apoia toda ação voltada à pesquisa e adoção de tecnologia na prestação de serviços à população e se propôs a articular com a bancada federal a alocação de recursos por meio de emendas parlamentares para estruturação e aparelhamento da Fiocruz em MS.

    A Fiocruz atua em Campo Grande desde 2011, na área de gestão, com quatro focos: meio ambiente e saúde – biodiversidade e agronegócio; saúde das populações indígenas; saúde e sociedade e saúde nas fronteiras.




    Fonte: ASSECOM

    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS