Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 6 de outubro de 2016

    Bradesco retoma atendimento, e bancos começam a retirar cartazes de greve

    Bradesco retomou atendimento nesta semana (Foto: Fernando Antunes)

    A retirada dos avisos de greve fixados nas agências bancárias em Campo Grande, pode sinalizar o fim greve de 30 dias da categoria, iniciada em 6 de setembro. Ainda hoje (6), bancários devem se reunir em assembleia e decidir pelo fim da paralisação.

    A primeira a sair da greve foram as agências do banco Bradesco. No início desta semana, uma liminar judicial movida pelo próprio empresa determinou que os funcionários voltassem ao posto de trabalho.
    Agência do Itaú deu início a retirada de cartazes.

    Para o corretor de imóveis Otolino Montes, 59 anos, o retorno da agência foi um alívio para os negócios. "Há um mês não consigo fazer uma transação, e tem assunto que a gente não trata pelo caixa ou internet. Passou da hora de voltar", opinou.

    Agências bancárias dos demais bancos, mantiveram-se em estado de greve nesta quinta-feira, e apenas os serviços em caixas eletrônicos estavam disponíveis. Mas com o fim possível fim da queda de braço entre banqueiros e bancários esperada para hoje, algumas unidades já abandonaram os cartazes que indicavam a greve.

    “É a melhor proposta que fizeram até agora. Não é o que os trabalhadores esperavam, mas ninguém aguenta mais a greve”, comentou um bancário do Itaú.

    Decisão 

    A assembleia para discutir a nova proposta dos banqueiros, está marcada para começar às 18 horas, na sede do Sindicato dos Bancários de Campo Grande. 

    Em reunião de negociação ontem (5), os banqueiros propuseram: Reajuste de 8% para 2016 mais abono de R$ 3.500,00; de 15% no vale alimentação; de 10% no vale refeição; e de 10% no auxílio creche-babá; licença paternidade de 20 dias; e criação de um centro de realocação e requalificação, dentro do tema emprego. Para 2017, a proposta prevê reajuste de acordo com a inflação (INPC) mais 1% de aumento real para os salários e em todas as verbas.

    Em relação aos dias de paralisação dos funcionários, o sindicato informou que todos os dias serão abonados, em virtude ao direito de greve dos trabalhadores.



    Fonte: campgorandnews
    por: Anny Malagolini
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/economia/bradesco-retoma-atendimento-e-bancos-comecam-a-retirar-cartazes-de-greve

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS