Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 7 de outubro de 2016

    Bernal decide hoje sobre apoio a candidatos no segundo turno

    Para ele a tomada de posição é uma forma de estar presente no próximo mandato
    Bernal define acordo com Rose ou Marquinhos - Valdenir Rezende / Correio do Estado

    O prefeito Alcides Bernal (PP) declarou que se posicionará ao lado de um dos candidatos à sua sucessão municipal neste segundo turno das eleições. Em entrevista à rádio FM Cidade, ele criticou o governo do PSDB com “tarifa em cima de tarifa” e disse que decide hoje se estará ao lado do candidato do PSD, Marquinhos Trad, ou da vice-governadora Rose Modesto (PSDB). “Nós temos que participar ativamente. Depois de tanto trabalho executado, eu não posso de maneira alguma deixar de estar presente”. 

    Nos últimos dias ele tem realizado uma série de reuniões em seu gabinete, no Paço Municipal. Ontem à tarde houve um entra e sai de vereadores, tanto do atual mandato, quanto dos que vão tomar posse.

    Bastante apressado Valdir Gomes (PP) buscou o chefe do Executivo para ter uma posição. “Ele disse que hoje [ontem] à noite ia ter uma posição e só vai falar amanhã [hoje]. Bernal está avaliando os prós e os contras. Vou aguardar a decisão para saber quem vou apoiar”. Ao sair, Valdir quase esbarrou na vereadora Luiza Ribeiro (PPS), que alegou ter se encontrado com o prefeito para fazer um balanço do pleito. 

    Pela manhã, durante entrevista, Bernal declarou que tem conversado com os dois lados. “Queremos o melhor para nosso município. Não vou me omitir e nem vou pregar o voto nulo. Dentro do PP há correntes que defendem a não participação neste segundo turno, outra que diz que deve apoiar a candidata do Reinaldo [Azambuja, o governador] e uma outra que deve ser feito o diálogo com o candidato Trad”. 

    Para ele a tomada de posição é uma forma de estar presente no próximo mandato. “Quem for receber nosso apoio vai ter que assumir um compromisso. Primeiro tem que adotar o programa de governo progressista como uma de suas metas. Ao mesmo tempo não permitir a participação de nenhum dos envolvidos nas operações Coffee Break e Lama Asfáltica. O governo tem que ser limpo. E aí sim ter a participação direta do PP”.



    Fonte: Correio do Estado
    por: GABRIELA COUTO
    Link original: http://www.correiodoestado.com.br/cidades/campo-grande/bernal-decide-hoje-sobre-apoio-a-candidatos-no-segundo-turno/288454/

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS