Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 20 de outubro de 2016

    Aécio completa agenda sob chuva e deixa cidade após visita de 2h

    Aécio falou com eleitores e deu entrevista coletiva no Centro de Campo Grande antes de ir embora da cidade (Foto: Marcos Ermínio)

    Mesmo debaixo de chuva e de forma rápida, o senador Aécio Neves (PSDB) completou a programação da visita a Campo Grande, nesta quinta-feira (20), tendo conversado com eleitores e com a imprensa no Centro da cidade. Ele ficou cerca de 15 minutos na Rua Barão do Rio Branco e retornou ao aeroporto, onde embarcou em um jatinho particular.

    Ao todo, a passagem dele pela Capital durou cerca de duas horas. O pouso da aeronave em que ele estava foi às 15h30. Ele cumprimentou a comitiva do partido que o aguardava e deu entrevistas. Em seguida, foi até uma produtora onde gravou programa eleitoral para a candidata tucana.

    O carro em que o presidente nacional da legenda estava parou em um estacionamento perto da esquina com a Rua 13 de Maio às 16h40. Aécio foi até um bar onde falou com algumas pessoas que ali estavam.
    Senador foi recebido no aeroporto por integrantes do partido em MS (Foto: Marcos Ermínio)

    No Centro, ele comentou a respeito da prisão do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) no âmbito da Operação Lava Jato. “O PSDB dá todo o apoio à operação, mas a agenda política não pode se sobressair à econômica. Dia 9 o Congresso volta a reforma que pode reduzir o número de partidos. Ele acredita que é um dos passos para melhorar a situação evidenciada na Lava Jato e o momento agora é de se pensar em tirar o país da recessão”, ressalta.

    Ele então voltou a falar sobre o segundo turno em Campo Grande e criticou o adversário. “Não é com bravatas que se ganha uma eleição e sim com propostas sérias e embasadas no que a população precisa. A política pede coerência, ainda mais pelo momento em que o país atravessa”.

    Aécio foi acompanhado por um grupo de cem pessoas, entre dirigentes e membros do partido. Reinaldo Azambuja o aguardava no aeroporto e o seguiu até a produtora, tendo se despedido para atender a outros compromissos que tem na cidade.
    Aécio veio a Campo Grande em jatinho particular (Foto: Marcos Ermínio)

    Parcerias 

    O presidente nacional da legenda não economizou elogios ao governo estadual. Disse que a candidata ao segundo turno, caso eleita, “já tem o privilégio e a solidariedade da parceria com um dos governadores mais respeitados do Brasil”.

    Além disso, acrescenta que a bancada tucana é a mais influente no Congresso Nacional. “Acho que ela [Rose] vai construir essa aliança, que se inicia com a população, mas também com o governo. Ninguém administra nada sozinho, ainda mais em momentos de dificuldades pelos quais passa o Brasil, sem parceria e sem gestão de qualidade e eficiência”, pontua.

    Mato Grosso do Sul, conforme Aécio, foi o estado onde o PSDB mais cresceu proporcionalmente em número de prefeitos eleitos e diz que isso também é reflexo da administração de Azambuja.

    “Isso consolida a vitória do governo. É uma consequência da respeitada e bem avaliada administração do estado, daquilo que ele vem fazendo para a sociedade, que aprova a sua conduta também pela sensibilidade que ele tem para estabelecer as suas prioridades”, afirmou o tucano.

    O senador lembrou ainda o resultado positivo que obteve em Mato Grosso do Sul nas eleições de 2014, onde obteve 56,33% dos votos válidos. Para Aécio, vir à Capital é uma oportunidade de agradecer a confiança da população local.

    Além do senador, visitam Campo Grande os líderes da bancada tucana no Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e na Câmara, Antônio Imbassahy (PSDB-BA).



    Fonte: campograndenews
    Por: Ricardo Campos Jr. e Mayara Bueno
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/politica/aecio-completa-agenda-sob-chuva-e-deixa-cidade-apos-visita-de-2h

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS