Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 19 de outubro de 2016

    60 personalidades são homenageados pela Assembleia nesta quinta-feira

    As honrarias foram entregues durante sessão solene - Divulgação/ALMS

    Professores, delegados, empresários, produtores, advogados, dirigentes de entidades sociais, pecuarista, médicos, membros do Judiciário, economistas, cerimonialista, padres, ministro, sindicalista, jornalista, integrante da Defensoria Púbica, escritor, cônsul, músicos, políticos e arquitetos. Na noite desta quinta-feira (19/10), os holofotes se viraram para 60 personalidades que se destacam na construção do desenvolvimento do Estado e também no cuidado ao próximo. No Plenário Deputado Júlio Maia, os deputados estaduais da 10ª Legislatura realizaram uma sessão solene para outorga do Título de Cidadão Sul-Mato-Grossense e da Comenda do Mérito Legislativo. 

    Orador oficial da solenidade, o presidente Junior Mochi (PMDB) destacou a importância da Casa de Leis em reconhecer o trabalho realizado pelos homenageados. “Essa sessão solene comprova de forma real que a nossa gente é nossa maior riqueza. As pessoas que hoje estão sendo agraciadas reafirmam que os exemplos e legados engrandecem e escrevem as páginas da história de Mato Grosso do Sul. São pessoas honradas, que ajudaram o Estado a passar por crises, usando soluções criativas. O crescimento do Estado não poderia ser possível sem o valor, o amor e a dedicação destes ilustres cidadãos”, afirmou Mochi.

    Com o Titulo de Cidadão Sul-Mato-Grossense foram homenageados: Adriano Garcia Geraldo, Alaíde de Sá Bezerra Pereira, Albert Schiaveto de Souza, Anito Fassini, Antônio Carlos Costa Mayer, Antônio de Almeida Lira, Carlos Wagner Guarita Marques, Caroline Mendes Dias, Claudineis Galinari, Adib Massad, Deolindo Marques Neto, Durval Batista Palhares, Fernando Castro, irmã Olga Manosso, Joaquim Romero Barbosa, José Gildo Pimentel, Lorendir dos Santos, Luciano Montalli, Marcelo Coutinho, Márcio Alexandre da Silva, Maristela de Oliveira França, Mércia Maria de Lima Chaves, Oswaldo Pires de Rezende, padre José Battisti, Paulo Alberto de Oliveira, Paulo Horto, Policarpo Matias de Lima, Regis Luiz Comarella, Roberto Ferreira Filho, Roberto Magno Botarelli Cesar, Rosana Puga Martinez, Rubens Filinto da Silva, Sadib de Oliveira, Saulo Garcia Queiroz, Takahiro Nakamae, Vicente de Paula Ferreira e Wesley Eduney Mendonça.

    “É uma alegria muito grande, pois vejo que essa honraria é para engrandecer a instituição que represento e que lida com a assistência jurídica, gratuita e integral ao necessitado. Quando a Casa do Povo outorga uma honraria desta grandeza, sem dúvida, significa que o trabalho da Defensoria Pública faz diferença para a sociedade”, disse Luciano Montali, defensor público-geral. 

    Em nome das mulheres homenageadas, a economista Maristela de Oliveira França salientou que o Título coroa o trabalho prestado por Mato Grosso do Sul. “Nasci no Rio Grande do Sul e sou agora formalmente uma cidadã sul-mato-grossense. A participação das mulheres na política, na economia e nas instituições a cada dia cresce e, hoje, juntamente com os homens de bens, podemos trabalhar unidos por um Estado melhor para todos”.

    A Comenda do Mérito Legislativo foi instituída pela Resolução Nº 02, de 30 de agosto de 1985, destinada a agraciar personalidade nacional ou estrangeira que, em razão de seu trabalho, tenha contribuído para o desenvolvimento e projeção do Estado de Mato Grosso do Sul. Foram condecorados com a honraria: Adriano Aparecido Chiarapa, Ângelo Arruda, Carla Rouledo Leite, Claudio dos Reis Alviço, Cleber de Amorim Borges, Daisaku Ikeda, Emerson Kalif Siqueira, Fernando César Paiva, Flavio Cesar Mendes Oliveira, Grupo Acaba, Ivaldo Barreto Nascimento, Luciana Azambuja Roca, Luis Pedro Nasser Scalise, Marco André Nogueira Hanson, Maria Augusta Santos Rahe Pereira, Mário Valério, Moisés Fortes de Andrade, Neimar Machado de Souza, Odilon Azambuja, padre Odair de Souza Costa, Sérgio de Paula, Tereza Osmarina da Silva, Wagner Ferreira da Silva e Walter Souza Barbosa.

    Gratidão sintetiza o sentimento expressado pelo desembargador Macro André. “Fico muito honrado com essa Comenda, que marca minha vida e para sempre vou guardá-la no coração. Acredito que o reconhecimento da Casa do Povo expressa o sucesso do trabalho feito por todos os funcionários do Poder Judiciário. Portanto, nossa gratidão aos deputados estaduais”, relatou.



    Fonte: ASSECOM

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS