Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 22 de setembro de 2016

    Uber começa a operar em Campo Grande às 14h desta quinta-feira

    Para utilizar, basta baixar o aplicativo da empresa. (Foto: Reprodução)

    A Uber começa a operar em Campo Grande nesta quinta-feira (22), a partir das 14h. A capital é a 23ª cidade a receber o serviço, que ganhou notoriedade mundial por oferecer transporte com preço acessível e de qualidade. Para utilizar, é necessário baixar o aplicativo da Uber no celular ou tablet.

    O serviço começa com atendimento em algumas áreas da cidade, que só serão conhecidas no início da tarde. Porém, o aeroporto não é uma delas, ou seja, não haverá carros disponíveis para pegar passageiros naquele local, mas os clientes poderão ser levados até lá.
    Diretor de comunicação veio a Capital para lançar oficialmente o aplicativo para a imprensa. (Foto: Priscilla Peres)

    De acordo com o diretor de comunicação da Uber no Brasil, Pedro Prochno, o sistema funciona assim em todas as cidades inicialmente e os locais vão sendo liberados com o passar do tempo.

    Em Campo Grande estará disponível o tipo X, que é o mais simples, aceita veículos com até sete anos de uso, desde que tenham ar condicionado e quatro portas. Aqui, só será aceito cartão de crédito como pagamento e usuários que utilizarem o serviço pela primeira vez terão desconto de R$ 20.

    O aplicativo do Uber sugere no momento do pedido o valor que será pago por aquele trecho. Em Campo Grande, o preço de base é R$ 2,50, com acréscimo de R$ 1,10 por quilômetro e R$ 0, 15 por minuto.

    A tarifa é calculada sobre os três valores e, em caso de desistência após cinco minutos do pedido feito, será cobrada taxa mínima de R$ 5. Isto porque o aplicativo identifica o motorista mais próximo e o envia para o local pedido dentro deste espaço de tempo. Caso não tenha carros disponíveis na região, o app indica o melhor a ser feito.

    Pedro afirma que o mercado campo-grandense foi estudado e considerado promissor. "Se aqui há um desafio de mobilidade urbana, então há espaço para a Uber", destaca o diretor de comunicação.

    Apesar de toda a polêmica com os taxistas, o diretor afirma que a empresa é voltada à tecnologia e não ao transporte e que o foco é ser utilizado em substituição ao carro particular.

    "Nos competimos com carros particulares, pois pesquisas mostram que o bem é utilizado de forma pouco eficiente, por ficar a maior parte do tempo parado. O que queremos é que as pessoas se desloquem de Uber e repensem a posse de um veículo", explica.

    A empresa não detalha quantos motoristas estão cadastrados para trabalhar com o Uber em Campo Grande, mas afirma que terá capacidade de atender a demanda a partir de hoje.

    Os motoristas da Uber são cadastrados, passam por uma vistoria rígida e podem trabalhar no horário que quiserem. "A Uber pode ser uma renda extra para a pessoa, por que ela pode trabalhar no horário e nos dias que puder".

    Pedro detalha que de cada corrida, 25% e repassado para a empresa e o restante fica com o motorista.

    Cada cidade onde o serviço chega é escolhido uma pessoa para ser o Primeiro Usuário. Em Campo Grande este papel caberá ao cantor Michel Teló.




    Fonte: campograndenews
    Por: Priscilla Peres
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/uber-comeca-a-operar-em-campo-grande-as-14h-desta-quinta-feira

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS