Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 23 de setembro de 2016

    Rumor de que jovens combinam suicídio coletivo espalha pânico entre pais em MS

    Polícia investiga suposto grupo em São Gabriel do Oeste 

    Autoridades reúnem-se com o Ministério Público para discutir ações de prevenção ao suicídio na cidade (Foto: Henrique Kawaminame)

    São Gabriel do Oeste está em alerta devido a uma série de boatos de que 20 jovens planejam se matar nos próximos dias. De acordo com as informações que circulam entre rodas e redes sociais, adolescentes que mantinham amizade com uma jovem de 16 anos - que se matou em agosto 2 dias após a morte acidental do namorado - planejam um suicídio coletivo para o dia 6 de outubro, quando ela completaria 17 anos. Eles integrariam um grupo no aplicativo chamado 'suicidas anônimos'.

    Mesmo que desencontradas, as informações sobre o suposto suicídio coletivo despertaram pânico em São Gabriel do Oeste, que fica a 133 km da Capital. Para piorar a situação, os boatos ganharam ainda mais força quando um dos amigos da adolescente, morador na cidade, teria se matado em Campo Grande durante uma visita à familiares.

    Assim, diante de uma espécie de caos e desespero no município, autoridades locais fazem o que podem para reverter a situação e restabelecer o controle sobre o que seria algum tipo de 'histeria coletiva' em São Gabriel do Oeste. No início da tarde desta sexta-feira (23), membros da Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Assistência Social, Conselho Tutelar, forças policiais e inclusive o Ministério Público Estadual reúnem-se nesta tarde para discutir medidas a fim de prevenir o suicídio na cidade.

    Dentre as possíveis medidas, estão a capacitação de professores para identificar estudantes em vulnerabilidade emocional e prevenir o suicídio. Além disso, a prefeitura também pensa em ampliar o número de psicólogos da rede pública para contribuir no enfrentamento da situação. A polícia civil também afirmou que já está realizando uma diligência, a fim de encontrar a pessoa que primeiramente divulgou as informações do suposto grupo e verificar a veracidade da informação.

    A origem dos boatos ou qualquer indicativo de verdade no suposto grupo 'suicidas anônimos', entretanto, pode chegar ao fim ainda na tarde desta sexta (23). O titular da Delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, Fábio da Silva Magalhães, deverá colher depoimento de uma das adolescentes que supostamente faria parte do grupo.

    Palestras e prevenção

    O capelão do Corpo de Bombeiros orienta estudantes sobre suicídio (Foto - Henrique Kawaminame)

    Enquanto as autoridades debatem rumos institucionais de restaurar a ordem na cidade, na Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste , o capelão do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, Edílson dos Reis, está na cidade a convite da Secretaria Municipal de Educação para promover uma série de palestras a fim de esclarecer aos jovens informações sobre suicídio e preveni-lo. Em dois dias, cerca de mil alunos das redes estadual, municipal e inclusive particular participaram dos encontros.

    "O que está acontecendo na cidade é uma paranoia, uma histeria coletiva, por conta de um comentário que não se sabe nem se é verdade. Possivelmente, algumas pessoas estão querendo chamar a atenção e isso ventila medo aos pais. Criou-se um mito sem provas, entretanto, isso tem de ser levado à sério, o assunto não pode ser subestimado", destaca o capelão.

    Outras atividades que estão sendo desenvolvidas na cidade fazem parte de um projeto chamado 'Serviço de Convivência de Fortalecimento de Vínculo', um trabalho direcionado a estudantes de 6 a 14 anos e de 15 a 17 anos, nos contraturnos das aulas. O grupo, que antes tinha 200 participantes, agora tem 650.

    "O que nós notamos é que a turma romantizou a tragédia de uma menina que se matou quando o namorado morreu no acidente de moto. E nós precisamos combater isso, falando sobre o suicídio, alertando sobre esta realidade e principalmente orientando a como pedir ajuda e prevenir isso", conclui Sônia Monteiro Candeloro, secretária municipal de Assistência Social de São Gabriel do Oeste.





    Fonte: campograndenews
    Por: Guilherme Cavalcante e Celso Bejarano
    Link original: http://www.midiamax.com.br/policia/policia-investiga-suposto-grupo-jovens-planejariam-suicidio-coletivo-316503

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS