Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 1 de setembro de 2016

    Passageiro é retirado de avião após 'tumulto' com senadora do PCdoB

    Vanessa Grazziotin viajou de Brasília a Curitiba na noite de quarta-feira (31). Latam mencionou em nota que homem teve 'comportamento indisciplinado'.

    A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) preferiu não registrar B.O em relação ao ocorrido no Aeroporto Internacional de Curitiba (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

    Um passageiro foi retirado de um avião da Latam no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite de quarta-feira (31), por comportamento indisciplinado em relação à senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB- AM). Ela foi contra o impeachment de Dilma Rousseff.

    O avião saiu Brasília às 22h. De acordo a Latam, a empresa solicitou o apoio da Polícia Federal (PF) para retirar o passageiro. Sem repassar detalhes sobre o ocorrido, a PF confirmou que houve um princípio de tumulto e que a senadora não quis registrar Boletim de Ocorrência (B.O.). Ainda conforme a polícia, um delegado federal ligou para a senadora colocando-se à disposição.

    Vanessa Grazziotin foi a Curitiba visitar a mãe, que mora na cidade. Ela não está comentando o assunto. De acordo com a assessoria de imprensa, o passageiro se exaltou, mas a senadora não achou necessário registrar o Boletim de Ocorrência.

    Leia a nota da Latam

    A LATAM Airlines Brasil informa que solicitou apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque de um passageiro do voo JJ3151 (Brasília - Curitiba) de ontem (31) em função de comportamento indisciplinado. A empresa ressalta que segue os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais.





    Do G1 PR

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS