Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 14 de setembro de 2016

    Mediante acordo, movimentos deixam o Incra e param manifestações por 10 dias

    Os manifestantes deixaram o prédio ontem após reunião entre Incra e lideranças. (Foto: Julia Kaifanny)

    No final da tarde de ontem (14), os cerca de 800 manifestantes de movimentos sem-terra que invadiram o Shopping Marrakech, onde fica a sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), desocuparam o local mediante acordo.

    Após uma reunião entre Incra e lideranças dos movimentos, foi acordada a desocupação e estabelecido um prazo de 10 dias para que seja possível um novo encontro.

    De acordo com o ouvidor agrário do Incra, Argemiro Hernandes Alves, os manifestantes pediam a presença representantes do TCU Tribunal de Contas da União) e no Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), que só pode acontecer com agendamento. 

    Na nova reunião, que ainda não tem uma data, mas deve acontecer antes do final do prazo será discutida a retomada de novos cadastros para a reforma agrária, que está paralisada no Mato Grosso do Sul desde julho, quando o TCU (Tribunal de Contas da União) verificou 38 mil irregularidades nos assentamentos já concluídos.

    Caso não haja acordo no segundo encontro, os movimentos devem continuar realizando as manifestações.




    Fonte: campograndnews
    por: Julia Kaifanny
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/cidades/mediante-acordo-movimentos-deixam-o-incra-e-param-manifestacoes-por-10-dias

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS