Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 29 de setembro de 2016

    Inflação do aluguel avança em setembro e sobe 10,66% em 12 meses

    De agosto para setembro, IGP-M passou de 0,15% para 0,2%. O que mais pressionou o índice foi o avanço dos preços no atacado.

    Inflação do aluguel avança em setembro. (Foto: Shutterstock)

    O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), conhecido como a "inflação do aluguel", porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, acelerou em setembro. De uma alta de 0,15%, o indicador registrou um avanço de 0,2% no mês seguinte. No ano, o IGP-M acumula aumento de 6,46%.

    Apesar da aceleração de um mês para o outro, em 12 meses, o índice perdeu força. De 11,49% em agosto, a variação passou para 10,66%, em setembro, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

    Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que calcula os preços no atacado, subiu 0,18% em setembro, contra 0,04%, em agosto. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que também entra no cálculo do IGP-M e avalia o comportamento dos preços no varejo, registrou variação de 0,16%, em setembro, ante 0,40%, em agosto.

    Com peso menor do que o dos outros subíndices, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,37% em setembro, depois de bater 0,26%, em agosto.



    Do G1, em São Paulo

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS